Crash Team Racing Nitro-Fueled – Análise

Crash Team Racing (CTR: Crash Team Racing), desenvolvido pela Naughty Dog (sim o pessoal de Uncharted e The Last of Us), sempre despertou nos fãs um grande saudosismo, lançado em outubro de 1999, o jogo acompanhou a infância de muitos na Playstation.

Na realidade Crash Team Racing era o 4º jogo da franquia Crash Bandicoot e através de uma louca e divertida sequência de corridas tínhamos de impedir o egomaníaco Nitros Oxide de destruir o nosso planeta.

Passados praticamente 20 anos agora pela mão da Beenox e publicado pela Activision, chega-nos este remake, Crash Team Racing Nitro-Fueled (CTR: Crash Team Racing Nitro-Fueled) que promete capturar a magia do jogo original.

De salientar que neste remake vemos igualmente a inclusão de conteúdos de Crash Nitro Kart (2003) e ainda Crash Tag Team Racing (2005.)

A Beenox com sucesso consegue aqui o mais importante, manter um estilo de gameplay fiel ao jogo original e ao mesmo tempo introduzir uma dose saudável de modernidade sem afastar do conceito original. Vai é, no entanto, introduzir uma curva de dificuldade um pouco mais íngreme, como é o caso do conceito de derrapagem para alcançarmos mais velocidade, algo que exige alguma perícia e que como podem ver no nosso gameplay em cima demora algum tempo para ser dominado.

Desde aproveitar o cenário, powerups, técnicas de derrapagem e saltos, se quiserem alcançar as primeiras posições vão ter de dominar todos estes aspectos. Crash Team Racing Nitro-Fueled é um jogo divertido mas ao mesmo tempo também é exigente, podendo atrair aquele jogador casual que se quer divertir com os amigos online, mas que certamente vai frustrar os jogadores mais veteranos que querem completar todos os objetivos no jogo.

Em Crash Team Racing Nitro-Fueled têm o tradicional modo história (aventura), onde vão ganhando várias corridas, desbloqueando várias regiões e adquirindo novos karts e personagens. Mas não pensem que após ultrapassarem determinada área não têm motivos para voltar atrás, desde timtrials a encontrar as letras C, T e R, muito têm ainda para fazer nas anteriores pistas.

Quanto à questão gráfica, num jogo que corre apenas a 30fps, os gráficos são competentes, fiéis ao conceito original e a enorme variedade de karts, personalizações e personagens não vão desiludir.

A competitividade está no sangue de Crash Team Racing Nitro-Fueled que é um jogo que definitivamente vai premiar os mais dedicados, mas que ao mesmo tempo vai proporcionar tardes hilariantes entre grupos de amigos.

Crash Team Racing Nitro-Fueled é absolutamente recomendado sendo os únicos pontos negativos, a sua dificuldade que pode frustrar muitos, e os seus 30 fps que para os mais puristas pode ser um entrave, mas que de maneira nenhuma diminui a experiência do jogo.