Elden Ring será mais acessível para os jogadores mais casuais

Repetindo um pouco o efeito Bloodborne em relação aos primeiros capítulos de Dark Souls

Hidetaka Miyazaki o produtor das séries “Soulsborne” esteve recentemente em conversa com a revista Famitsu.

Os seus jogos conquistam um lugar na indústria e nas páginas dos artigos de jornalistas por se tratarem de jogos desafiantes sem tento na dificuldade. Contudo, em Elden Ring -o seu mais recente trabalho- esta filosofia será um pouco diferente.

Segundo a entrevista, este ser um jogo muito mais acessível de forma a não afastar as camadas de jogadores mais casuais. Contudo, embora seja um jogo mais fácil, vão existir alguns momentos com uma dificuldade ligeiramente mais acentuada. Para finalizar Miyazaki, indica que para terminarmos a aventura são necessárias cerca de 30 horas.

Elden Ring vai chegar às plataformas PlayStation 4PlayStation 5Xbox OneXbox Series e PC a 22 de janeiro de 2022.

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt em 2020, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal até à sua atualidade, devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.