God of War Ragnarok – Primeiras Impressões

Enquanto trabalhamos na review de God of War Ragnarok ficam aqui as minhas primeiras impressões após algumas horas de jogo e claro sem qualquer tipo de spoilers.

A primeira coisa que imediatamente senti foi familiaridade, de Dualsense na mão não há que enganar, este é um jogo God of War, com as mecânicas que vimos no jogo anterior, os ataques ferozes e violentos, os combates tensos, as cinemáticas, os Quick Time Events, está lá tudo o que tornou a franquia popular entre os jogadores, e é um sinal que passa tranquilidade aos jogadores mostrando que o Santa Monica Studio está a trabalhar nesta continuação tendo por base os sólidos alicerces do jogo anterior.

Com o Ragnarök à porta, vamos encontrar um Kratos dividido entre o seu papel paternal e protetor e um Atreus, que em plena adolescência procura a sua própria identidade e um lugar neste mundo brutal. Nestas primeiras horas a sensação que fica é que temos pela frente uma aventura épica cheia de momentos memoráveis e o hype não podia ser maior, a ansiedade é muita para travar lutas épicas, conhecer novos personagens e um pouco mais da mitologia de God of War.

Em termos de qualidade God of War Ragnarok é tal como podem já esperava um grande jogo Playstation, pelo que quer em termos visuais, de pacing e narrativa já sabem que podem contar com um jogo de elevada qualidade.

Antes de terminar, já imaginaram o que é sentir nas vossas mãos o impacto do machado do Kratos enquanto dividem um inimigo a meio, a fúria do nosso protagonista, a destruição do ambiente? God of War Ragnarok é para ser jogado com o comando Dualsense 😉

Dia 3 de novembro pelas 16:00 podem contar com a nossa review deste God of War Ragnarok que vai ser lançado dia 9 de novembro para PlayStation 4 e PlayStation 5.

Subscreve
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments