Homem preso por ameaçar a Square Enix por causa um item online

Homem preso por ameaçar a Square Enix por causa um item online

No passado dia 29 de março a polícia prendeu um funcionário de um lar de idosos de 25 anos na cidade de Yoshinogawa, em Tokushima, acusado de intimidação e obstrução forçada de negócios, por enviar uma mensagem ameaçadora à Square Enix.

Segundo as autoridades, o suspeito deixou uma mensagem num questionário para um jogo da Square Enix a 5 de fevereiro. Ele terá escrito: “[Square Enix] staff, eu estou a ir para vos matar amanhã. Purifiquem as vossas cabeças [para uma decapitação].” A mensagem forçou a Square Enix a aumentar a segurança.

A polícia afirmou que o suspeito admitiu as acusações, e escreveu no seu depoimento que escreveu a mensagem para “procurar vingança”, já que teria gastado 200 mil ienes (cerca de 1.795 dólares) para adquirir um item no jogo, mas que acabou por não o conseguir. A Square Enix também recebeu cerca de 30 mensagens com a palavra “kill” em setembro passado, e a polícia está a investigar possíveis ligações com o suspeito.

Muitos jogos japoneses usam o modelo gacha (um termo derivado dos brinquedos de cápsulas gachapon) para compras em jogos. O sistema permite que os jogadores usem a moeda do jogo, muitas vezes comprada com dinheiro real, para receber itens aleatórios de acordo com probabilidades pré-determinadas.