Incidente com Grand Theft Auto VI vai ser investigado pelo FBI

Wanted level no máximo para o grupo Lapsus

A Rockstar Games e a Take-Two interactive confirmaram que o roubo do código-fonte de Grand Theft Auto V e a exposição de imagens e vídeos da versão alpha de Grand Theft Auto VI -mais de 100 no total- são efetivamente verdadeiros. As empresas afirmam estar muito aborrecidas pelos jogadores descobrirem o sexto capítulo de Grand Theft Auto desta forma, não vão adiar o seu lançamento, mas vão recorrer ao FBI para investigar o incidente.

Segundo o FBI, o grupo de hackers que rompeu as barreiras do forte da Rockstar Games, muito recentemente fez o mesmo com a Uber, a Microsoft, e a NVIDIA. Nestas violações aos servidores das empresas foram roubadas centenas de informações de contactos de clientes e funcionários, também foram expostos ao público os diversos projetos das mesmas.

O incidente de Grand Theft Auto VI foi a gota de água para o grupo de hackers, conhecido como Lapsus, ser tomado com mais atenção, tanto que começou a ser investigado pelas forças de polícia internacionais.

FONTEVideotech_
Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt em 2020, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal até à sua atualidade, devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.
Subscreve
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments