Japonês preso por enviar 37 ameaças de morte à Square Enix porque não conseguia vencer um jogo

"Eu não conseguia vencer e estava a sentir-me frustrado e emocionado"

Campanha o Melhor do Japão

De 2 a 19 de novembro de 2020 a Square Enix recebeu 37 mensagens ameaçadoras através do seu formulário de consulta de jogos online.

Na mensagem um jogador afirmava que os ia “matar” por os produtores serem “trapaceiros”. As ameaças frequentes até levaram a empresa a cancelar uma transmissão ao vivo programada para o dia 20 de novembro.

A polícia de Shinjuku foi chamada e descobriu o remetente pelo endereço de IP. A 26 de fevereiro a polícia anunciou a prisão de Toshiyuki Suga, de 39 anos, da cidade de Matsubushi, província de Saitama. Ele terá admitido as ameaças, dizendo à polícia: “Eu não conseguia vencer e estava a sentir-me frustrado e emocionado”.

Embora os relatórios nunca mencionassem um jogo em particular, dizendo apenas que o suspeito estava a jogar um “jogo de smartphone”, outros jogadores parecem convencidos de que este incidente foi desencadeado por Hoshi no Dragon Quest. Conhecido como Dragon Quest of the Stars em inglês, um RPG que permite que os jogadores viajem para diferentes planetas e se juntem a três outros online.

Isto parece bastante provável, pois o evento cancelado a 20 de novembro estava relacionado com Hoshi no Dragon Quest e, como alguns jogadores mencionaram, houve também um incidente no final de 2018 e no início de 2019, onde um homem de 25 anos enviou 30 mensagens ameaçadoras de forma semelhante.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.