Jogador de Pokemon Go preso por ameaçar matar político

Jogador de Pokemon Go preso por ameaçar matar político

Um ávido jogador japonês de Pokemon Go foi preso por ameaçar assassinar o presidente de Aichi e a sua família em resposta à exigência do político na implementação de limite de velocidade no jogo.

Logo após o lançamento do Pokemon Go em 2016, um menino do 4º ano do ensino básico foi morto devido a um condutor que jogava o jogo enquanto dirigia; o presidente da prefeitura de Aichi falou com os produtores e um “limite de velocidade” foi implementado, o que fez com que certas funções do jogo parassem de funcionar quando o jogador se está a mover mais rápido do que uma certa velocidade.

Este decisão enfureceu um jogador de Pokemon Go particularmente instável que enviou ao presidente nove mensagens altamente ameaçadoras dizendo que iria “incendiar a prefeitura” se ele não retirasse os seus pedidos aos produtores – uma das mensagens também dizia para ele “vigiar as suas costas nas ruas à noite”.

Agindo rapidamente, em novembro de 2018, a polícia de Aichi prendeu o homem de 37 anos por fazer essas ameaças, embora o culpado negue as alegações dizendo que “não se lembra disso”.

Subscreve
Notify of
guest

5 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Charles
11 , Julho , 2019 18:31

A galera pistola por cada coisa :v

Asdf
Asdf
11 , Julho , 2019 18:31

Agora vai caçar pokémon na prisão. Boa sorte.

Davi
Davi
11 , Julho , 2019 18:31

Tudo isso por Pokemon Go?
Fico me perguntando como será quando o Japão produzir robôs de criaturas fantasiosas lutadoras, e futuramente quando for mainstream alguém tentar controlar as ações dos mesmos… Mal posso esperar XD

Alisson Gomes
Alisson Gomes
11 , Julho , 2019 18:31

O garotinho ficou pistola

toygame lan
toygame lan
11 , Julho , 2019 18:31

kkkkkkkkkkkk o cara disse que ia por fogo na prefeitura por causa do jogo é muito fanasitmo