Jogos WILD ARMS foram negados várias vezes pela Sony

As editoras japonesas não estão interessadas na criação de novos IP's do género

Akifumi Kaneko, o criador dos jogos da série WILD ARMS recentemente fundou a Wild BUNCH Productions para desenvolver o seu sucessor espiritual, Armed Fantasia: To the End of the Wilderness, recorrendo a uma campanha de financiamento no Kickstarter.

Contudo, antes de enveredar por esta via, Akifumi tentou incansavelmente ressuscitar o RPG nas consolas PlayStation. Infelizmente a Sony Interactive Entertainment não demonstrou nenhum interesse em regressar ao velho oeste, visto que o seu projeto foi negado vezes sem conta.

No excerto de uma entrevista com o website Gematsu comentou o seguinte:

No que diz respeito a criar novos JRPGs, as editoras japonesas simplesmente já não querem correr esse risco. No meu caso, falei repetidamente com a Sony, mas não produziu nenhum efeito. Atenção, não é porque os JRPGs já não são um género popular, nada disso, o que acontece é que as editoras não nos deixam criá-los. Este é apenas um problema com as novas propriedades intelectuais, pois os jogos de Persona e Final Fantasy não têm quaisquer problemas de financiamento.

A campanha conjunta no Kickstarter pedia 750 mil dólares para o financiamento. Contudo, já arrecadou mais de 1.9 milhões de dólares e vai amealhar muitos mais até sexta-feira.

Subscreve
Notify of
guest

1 Comentário
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
LikouD
Likou
28 , Setembro , 2022 19:39

Sony é uma merda atualmente mesmo. Ignorou completamente as suas raízes. Jim Ryan é um desgraçado que odeia os jogos antigos também.