Masahiro Sakurai revela como conseguiu colocar Sora no plantel de Super Smash Bros. Ultimate

O raio caiu duas vezes no mesmo local

Sora, a popular personagem da série de Kingdom Hearts fechou (literalmente) com chave de ouro, o plantel de Super Smash Bros. Ultimate.

Esta foi a personagem mais requisitada pelos fãs do “brawler” da Nintendo Switch, ofuscando completamente lista onde singravam nomes como Waluigi, KOS-MOS, Skull Kid, Lloyd Irving ou até mesmo Son Goku.

Contudo, durante uma entrevista com a Famitsu, o criador do jogo, Masahiro Sakurai, indica que Sora apenas conseguiu obter a último convite para esta festa… por sorte, visto que o destino decidiu cruzar-lhe caminhos com um representante da Disney, e que mesmo assim não foi nada fácil colocar a personagem no jogo.

Não existiam dúvidas de que a equipa envolvida nas negociações externas acreditava que seria impossível. Mas um dia, uma oportunidade surgiu. Num determinado local nas premiações do jogo, tive a oportunidade de conhecer um executivo da Disney. Imediatamente disse-lhe que gostaria de ver o Sora em Super Smash Bros. Ultimate. Deste então, tivemos muitas negociações entre Disney, a Square Enix e a Nintendo, e as mesmas com a Disney não foram nada fáceis.

Parece-vos familiar não é? Pois bem, este encontro foi exatamente o mesmo que levou Tetsuya Nomura na criação de Kingdom Hearts, quando algures do ano de 2000 conheceu um representante da Disney num dos elevadores do edifício onde existiam escritórios de ambas as empresas (ainda como Squaresoft), e indicou que seria interessante unir os mundos de Final Fantasy com os da Disney. Não é à toa que Kingdom Hearts é uma série repleta de sonhos, encanto, emoções e muita magia.

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt em 2020, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal até à sua atualidade, devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.