Microsoft pronuncia-se acerca do desenvolvimento de Deathloop Ghostwire Tokyo e futuros lançamentos

A Microsoft afirmou que irá honrar os acordos de exclusividade dos dois jogos da Bethesda Softworks em desenvolvimento para a PlayStation 5, Deathloop e Ghostwire: Tokyo. Deathloop é um first person shooter em primeira pessoa, com uma mecânica central que permite aos jogadores voltar a jogar missões e conquistar objetivos por abordagens diferentes. Os jogadores assumem o papel do assassino Colt, que está preso num loop do tempo que o faz acordar na mesma praia todos os dias e descobrir que é o alvo de todos na mesma. Ghostwire Tokyo é o próximo jogo do criador de Resident Evil, Shinji Mikami, sobre lendas urbanas na capital japonesa.

Estes descritos acima são dois projetos conhecidos da empresa para outras plataformas concorrentes, contudo, futuros lançamentos, como Starfield, ou qualquer outra das séries da Bethesda serão lançados em primeiro lugar na Xbox Series S/X, Xbox Game Pass e PC, e as suas exclusividades serão consideradas caso a caso.

Pois, segundo o encarregado da marca, Phil Spencer, estes serão acordos de exclusividade temporária de dois jogos para a PlayStation 5 em desenvolvimento, e futuros títulos da Bethesda estarão disponíveis desde o primeiro dia no Xbox, PC e Game Pass. Sobre torná-los exclusivos na Xbox, Spencer comentou que isso será um assunto decidido caso a caso.

O CEO da Microsoft, Satya Nadella, acrescentou aos comentários de Spencer o seguinte:

“Quando pensamos em estratégia, seja em jogos ou em qualquer outra parte da Microsoft, cada camada tem que ser independente pelo que traz. Quando falamos sobre o nosso conteúdo, queremos que esteja amplamente disponível”.

Para já tudo indica que existe a possibilidade de plataformas concorrentes como a PlayStation 5 ou a Nintendo Switch de continuarem a receber jogos da Bethesda Softworks.