Os portugueses Project S conquistaram o título de Vice-Campeões na RedBull Campus Clutch

Os portugueses da formação Project S mostraram-se competitivos e seguros da sua missão na RedBull Campus Clutch, que juntou no último fim-de-semana em Madrid a elite universitária do VALORANT. Apesar do seu empenho, a última ronda terminou com um resultado de 3-2 – o que garantiu ao Team Anubis o título mundial e o prémio de €20,000 incluindo a entradas VIP para o VALORANT Champions Tour, ficando assim a equipa Portuguesa com o título de Vice-Campeões.

Depois de sucessivas triagens a nível nacional e internacional que envolveram mais de 25 mil participantes em 400 eventos à volta do Mundo, à Capital espanhola chegou apenas a nata do VALORANT universitário. O Top 12 ficou composto pelas formações de Portugal, Espanha, Estados Unidos da América, Nova Zelândia, Coreia do Sul, Paquistão, Egipto, Turquia, Bielorrússia, Bélgica, Brasil e Canadá, apostadas em lutar até às últimas forças pelo título.

LionClaw, Tiago Moreira Coelho de 22 anos, Estudante de Engenharia Informática do Porto, disse:

“Foi uma boa experiência, a RedBull sabe organizar eventos e o Campus Clutch é o exemplo perfeito disso. Agradeço a oportunidade. Sinto que a vitória contra a Coreia foi o melhor momento da equipa. Sinto que estávamos no nosso auge”.

Silenttt, Nuno Miguel Silva Rodrigues de 19 anos, Estudante de Engenharia Eletrónica e de Computadores da Caldas da Rainha, reagiu à sua prestação dizendo:

“A minha experiência no RedBull Campus Clutch foi incrível, nunca me diverti tanto, foi pena termos perdido, mas acho que deixámos Portugal orgulhoso. O nosso melhor momento no evento foi sem dúvida termos ganho 13-0 numa final mundial, acho que mostrou o nosso nível individual e como equipa”.

Interessado em videojogos com o gosto acentuado para JRPG, está presente na equipa do OtakuPT desde 2013 com o propósito de acompanhar e informar sobre o que de melhor se faz na área do entretenimento gamer.