PlayStation Rússia recusa vender Call of Duty: Modern Warfare 2 Remastered

Call of Duty: Modern Warfare 2 Remastered foi hoje lançado para Playstation 4 sendo que mais tarde, dia 30 de abril, vai ser lançado para Xbox One e PC. No entanto, os jogadores na Rússia não terão acesso ao jogo pois a PlayStation optou por não disponibilizar naquele território o jogo.

Call of Duty: Modern Warfare 2 Remastered incluiu apenas a campanha onde encontramos a infame missão “No Russian”, que muito provavelmente é a causa da não disponibilização do jogo em território russo.

Embora a Sony não tenha comentado a situação o twitter oficial de Call of Duty na Rússia afirmou:

A Sony Interactive Entertainment decidiu não vender o jogo na PS Store russa. Esperamos ansiosamente o lançamento do jogo em formato digital para PC e Xbox.

Para quem não sabe: o nível “No Russian” é um dos níveis mais controversos da história dos videojogos. Nele, os jogadores interpretam Joseph Allen, um agente secreto da CIA. Jogando como Allen, os jogadores são convidados a participar num tiroteio em massa num aeroporto de Moscovo para ganhar a confiança de um grupo terrorista russo. Na missão os jogadores não precisam de forçosamente disparar. De facto, podem pular o nível todo. Mas como seria de esperar, causou polémica, especialmente na Rússia.