Primeiras impressões de Ratchet & Clank: Uma Dimensão À Parte

Insomniac Games quer oferecer aos jogadores uma experiência cinematográfica

Primeiras impressões de Ratchet & Clank: Uma Dimensão À Parte

Aqui no OtakuPT estivemos numa apresentação à porta fechada com a Insomniac Games sobre Ratchet & Clank: Uma Dimensão à Parte, ou em inglês Ratchet & Clank: Rift Apart, e depois de ver muito gameplay aqui ficam as nossas primeiras impressões deste jogo que vai ser lançado em exclusivo para Playstation 5 dia 11 de junho de 2021.

Já há 5 anos que não temos uma aventura de Ratchet & Clank e foi notório o carinho com que a Insomniac Games tem para com Ratchet e companhia. Determinados a explorar todo o poderio que a Playstation 5 tem para oferecer, pelo que vimos de Ratchet & Clank: Uma Dimensão à Parte ficou bem patente a intenção da companhia em oferecer aos jogadores uma experiência cinematográfica, aliás os produtores não tiveram receio de mencionar que uma das inspirações para o gameplay são mesmo os filmes da Pixar.

E devemos dizer que pelo que nos mostraram não estão muito longe, geralmente aqui no OtakuPT estamos sempre mais atentos às questões de animação, nomeadamente animação CG, e o que nos foi apresentado facilmente consegue competir com o que de melhor se faz nos estúdios da Disney. O gameplay parece estar bem construído para proporcionar ao jogador uma experiência cinematográfica com uma ação fluida, mas cheia de pequenos detalhes, com o ecrã muito rapidamente a ficar preenchido com múltiplas partículas e efeitos. Este é sem dúvida um dos pontos que nos suscita mais curiosidade e que mais ansiamos testar quando tivermos o jogo.

Sem entrar em spoilers foi visível a preocupação da Insomniac Games em criar uma grande história que vai apelar aos jogadores que conhecem Ratchet & Clank mas que também é acessível a quem entra pela primeira vez em contacto com a franquia.

Algo que também é realçado é o DualSense, o comando da Playstation 5, com o seu feedback háptico e gatilhos adaptáveis. Tal como Astro’s Playroom, também Ratchet & Clank: Uma Dimensão à Parte tira proveito desta excelente ferramenta proporcionando o jogador uma maior imersão, desde sentir os impactos, ao disparo da arma, tudo será percecionado pelo jogador, de regresso vemos também uma mecânica que vimos recentemente em Returnal, com os gatilhos a terem dupla função, levemente pressionado para disparo normal, e pressionado até ao fim para um disparo alternativo mais poderoso.

E por falar de armas, em Ratchet & Clank: Uma Dimensão à Parte continua a tradição do jogo em nos apresentar as mais estranhas armas que parecem ser superdivertidas de se utilizar, temos desde o disparo de bolas de pinball a uma arma que pixeliza os inimigos. Só quando experimentarmos o jogo é que teremos a certeza, mas os produtores revelaram que tiveram muito cuidado para proporcionar um conjunto equilibrado de armas que será fácil de utilizar pelos jogadores casuais, mas que dá também espaço para estratégia.

Tal como nos múltiplos trailers vimos Ratchet e companhia mudarem de forma fluida de cenários através de rifts de uma forma instantânea, tudo graças ao SSD da Playstation 5, aliás a Insomniac Games integrou esta rapidez no gameplay permitindo fazer coisas como apresentar duas versões distintas do mesmo local permitindo ao jogador alternar de forma fluida entre essas duas versões.

Destaque também para a componente sonora com os produtores a revelar que a Playstation 5 com a sua tecnologia de Áudio 3D lhes permite explorar ainda mais esta funcionalidade do que em gerações passadas, sendo que os jogadores terão uma melhor perceção de onde estão os seus inimigos através do som.

Vamos partir para a review com muita expectativa, com este aproximar do mundo dos filmes animados com o dos videojogos.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.