Quantic Dream denunciada por Racismo e Homofobia

A Quantic Dream, conhecida pelo desenvolvimento dos jogos Beyond: Two Souls, Detroit: Become Human e mais, foi denunciada pelos ex-funcionários da empresa, que reportaram ter uma atmosfera tóxica, comentários racistas e homofóbicos.

Tais acusações relatam piadas racistas entre membros da equipa e responsáveis pela Quantic Dream. Por exemplo um dos funcionários que contou uma cena em que estavam a assistir a um vídeo de um assalto e David Cage(fundador e presidente da Quantic) perguntou a um dos funcionários que era da Tunísia se aquele era um dos seus primos.

Também foi mencionado acusações envolvendo Homofobia que foram negadas por David Cage, que disse que o seu trabalho fala por si, mencionando também que já trabalharam com Ellen Page, que luta pelos direitos LGBT.

Já Guillaume Juppin de Fondaumière (gestor geral) foi acusado de comportamentos impróprios pelas mulheres que trabalham no estúdio Parisiense, negando tudo, Guillaume disse estar descontente com tais acusações.