Segunda parte de Final Fantasy VII Remake entra em estado de desenvolvimento

A segunda parte de Final Fantasy VII Remake entrou em estado de desenvolvimento, de acordo com uma entrevista publicada na mais recente edição da Famitsu.

A revista conversou com vários membros importantes da equipa de desenvolvimento, incluindo o diretor e co-diretor, Tetsuya Nomura, e Motomu Toriyama, respetivamente. O diretor de Final Fantasy VII Remake, referiu a importância de lançar a segunda parte, o mais cedo possível, e da ambição da equipa de produção em criar um produto ainda melhor.

“Sabemos que todos querem jogar próxima parte o mais cedo possível. Também gostaríamos de entregá-la o mais rápido possível. Como temos acesso à linha de qualidade do primeiro capitulo, esperamos supera-la, e tornar a próxima parcela ainda melhor, para que possamos contribuir para uma experiência maior. Penso que nesta fase já podemos transmitir claramente uma janela de lançamento. ”

Esta entrevista de 15 páginas também refere que o personagem Roche, um motoqueiro que confronta Cloud no capitulo 4, deveria surgir novamente no capítulo 14 para uma nova batalha. De acordo com o co-diretor Motomu Toriyama, Roche poderá reaparecer na próxima parte, com um papel mais destacado na história.

Toriyama, também comentou alguns excertos que vivemos no primeiro capitulo, mas que foram modificados e ficaram ausentes. A cena de massagem Madam M, deveria incluir conteúdo mais adulto, mas que não foi autorizado para manter a classificação etária do jogo. Também a decisão de não mostrar o esconderijo da AVALANCHE, ao Cloud Strife, simplesmente foi devido a Barret Wallace, não confiar totalmente no mercenário, numa fase primária da história. Como todos sabemos Cloud, foi convidado ao esconderijo na versão clássica, mas nesta encarnação moderna, a equipa pensou, e não fazia sentido, convidar o Sr. Strife ao esconderijo, devido ao seu envolvimento prévio na empresa inimiga dos eco-guerreiros.

De momento, a primeira parte de Final Fantasy VII Remake está disponível para PlayStation 4, e já é um sério candidato a jogo do ano.

Podem ver aqui todo o jogo e em cima fica a nossa videoreview de Final Fantasy VII Remake. Esta é uma boa altura para subscreverem o nosso canal de youtube.

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt em 2020, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal até à sua atualidade, devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.