The Legend of Heroes: Kuro no Kiseki apresenta-nos os seus vilões

Nem só de heróis vive este lenda

A Nihon Falcom Corporation revelou novas personagens para o jogo The Legend of Heroes: Kuro no Kiseki.

Após se debruçar nos heróis deste novo pedaço de Zemuria vamos conhecer agora os perigosos vilões que coabitam nas sombras com os seus habitantes, e que certamente vão dar muito que fazer ao Van e aos seus amigos.

Melchior, é um dos três líderes da Armata, uma organização criminosa que opera em Calvard. Embora seja apenas um jovem de 21 anos, existem rumores que Melchior já foi membro de outra organização criminosa em Zemuria (quem jogou The Legend of Heroes: Trails into Reverie certamente sabe), e apesar de ser um novato nesta rapidamente subiu de escalões devido às suas grandes habilidades com facas, bombas, e técnicas de combate que esmagam os corpos e as mentes de qualquer indivíduo. Este vê a vida como um jogo, e assume missões erráticas simplesmente para semear o medo na República de Calvard.

Viola, é o segundo membro de elite da Armata. Esta mulher de 26 anos, é completamente disfuncional tanto que adora encher os seus adversários de agulhas para satisfazer os seus intensos desejos sádicos. A mesma partilha uma rivalidade intensa com Melchior, e não percebe como o seu chefe entregou um cargo tão importante a um novato.

Alexandre é o último representante dos três lideres da Armata. À primeira vista parece ser um homem calmo, pois mantém uma postura serena na maioria das situações. Contudo, quando o assunto é uma batalha intensa de vida ou de morte, age furiosamente empunhando duas luvas de ferro. Por muito estranho que vos possa parecer esta figura de 35 anos, anteriormente foi um trabalhador respeitado na função pública. No entanto, um certo incidente levou-o a deixar o seu emprego, lar, ingressar numa instituição criminosa, e procurar um lugar para morrer.

Arioch of Massacre, é um homem de 26 anos de enormes dimensões que opera com a Armata. Este atingiu a sua notoriedade após ter massacrado dezenas de ladrões e jaegers nas regiões orientais de Zemuria, porque o fez ninguém sabe. Em batalha veste uma enorme armadura e empunha um enorme machado. Arioch of Massacre admira a ideia de governar o mundo pelo medo, e alia-se à Armata apenas por partilhar a mesma visão do seu misterioso chefe. O seu nome faz jus as suas ações, pois não tem dó nem piedade e assassina qualquer indivíduo independentemente de pais ou organização. Por essa e muitas mais razões recebeu a alcunha de “Tempestade Invisível”.

Olympia of Gold, é uma mulher misteriosa de 19 anos, que coopera com o Arioch of Massacre, e a Armata por razões desconhecidas. Em batalha tal como as irmãs Homonculus de The Legend of Heroes: Trails of Cold Steel, usa uma boneca, mas em forma de anjo. Esta jovem vê o mundo e todos os seus habitantes – a própria incluída- como meros objetos, e sem revelar as suas verdadeiras intenções já que não parece soltar quaisquer emoções.

The Legend of Heroes: Kuro no Kiseki vai receber lançamento no Japão para a PlayStation 4 a 30 de setembro.

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt em 2020, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal até à sua atualidade, devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.
Subscreve
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments