Autora de Beastars vai lançar este mês um novo mangá

Será uma história num mundo com uma taxa de natalidade ultrabaixa.

Beastars volume 22 cover
Capa do volume 22 de BEASTARS

Uma leak revelou que a mangaká Paru Itagaki (autora de Beastars) vai no próximo dia 22 de julho começar a lançar um novo mangá na Weekly Shonen Champion chamado SANDA.

Segundo a descrição da leak: «Não é um mangá com animais antropomórficos. Será uma história sobre crianças e adultos num mundo com uma taxa de natalidade ultrabaixa.

Itagaki lançou o seu mangá BEASTARS na Weekly Shōnen Champion da Akita Shoten em setembro de 2016. O mangá terminou a 8 de outubro de 2020, e a Akita Shoten publicou o 21º volume do mangá no mesmo dia.

Uma segunda temporada da adaptação para série anime de BEASTARS estreou nas TVs a 5 de janeiro de 2021.

A animação é da responsabilidade do estúdio Orange que conhecem de animes como Land of the Lustrous e Dimension W, a direção é de Shinichi Matsumi (diretor assistente de Pom Poko, Porco Rosso; episódios de Rurouni Kenshin, Rage of Bahamut Genesis), a história é de Nanami Higuchi (Little Witch Academia, Ninja Slayer From Animation) e o design de personagens é de Nao Ootsu (design das armas de Saga of Tanya the Evil). A música é da responsabilidade de Satoru Kousaki (Wake Up, Girls!, Oreimo both seasons, Monogatari Series Second Season).

Sinopse de BEASTARS

Num mundo habitado por animais antropomórficos, herbívoros e carnívoros coexistem. Para os adolescentes da Cherryton Academy, a vida escolar é cheia de esperança, romance, desconfiança e inquietação. O personagem principal desta história é o lobo Regoshi, um membro do clube de teatro. Apesar da sua aparência ameaçadora, ele tem um coração e um caráter muito brandos. Ao longo da maior parte da sua vida, ele sempre foi objeto de medo e ódio de outros animais e acostumou-se com esse estilo de vida. Mas logo, ele se vê cada vez mais envolvido com os seus colegas de classe que têm as suas próprias inseguranças e percebe que a sua vida na escola terá uma grande reviravolta.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.