Curiosidade: Criador de Baki é pai da criadora de BEASTARS

Um segredo finalmente revelado!

Curiosidade: Criador de Baki é pai da criadora de BEASTARS

Esta 42ª edição da Weekly Shōnen Champion revelou uma ligação familiar muito curiosa. A revista revelou que Paru Itagaki, a criadora do mangá BEASTARS é a filha de Keisuke Itagaki, o criador do mangá .

A revista incluiu uma entrevista com os dois sendo que Itagaki continua a esconder a sua aparência por detrás de uma máscara.

Muito poucos sabiam que os mangakás eram pai-filha. Ambos publicam as suas obras na Weekly Shōnen Champion e ambos têm Takashi Sawa como o seu editor.

Na revista Keisuke Itagaki fala como criou o mangá de Baki, porque decidiram manter a sua identidade em segredo e que conselhos deu à sua filha quando ela decidiu tornar-se uma mangaká.

Paru Itagaki vai lançar um mangá autobiográfico Paruno Graffiti (mistura do seu nome e da banda Porno Graffiti) na edição de outubro da revista Kiss da Kodansha a 25 de setembro. O “drama caseiro” vai desenrolar-se à volta de Itagaki e das suas duas irmãs mais velhas, mãe e pai. A arte promocional mostra o pai, Keisuke Itagaki, com uma forma parecida com o The Thing do Quarteto Fantástico.

Vai ser já dia 8 de outubro que vai estrear nas TVs a adaptação para série anime do mangá BEASTARS.

A história de BEASTARS acontece num mundo fictício onde animais carnívoros e herbívoros convivem em harmonia. A série mostra a história de Regoshi, um lobo bastante sensível que faz parte do clube de drama da Academia Cherryton.

A animação é da responsabilidade do estúdio Orange que conhecem de animes como Land of the Lustrous e Dimension W, e a direção é de Shinichi Matsumi (diretor assistente de Pom Poko, Porco Rosso; episódios de Rurouni Kenshin, Rage of Bahamut Genesis).

BEASTARS é publicado no Japão pela Weekly Shonen Champion desde setembro de 2016 e em 2018 o mangá foi premiado no Manga Taisho Awards e no Annual Kodansha Manga e recebeu o prémio para novo criador no Prémio Cultural Osamu Tezuka.