Hirohiko Araki gostava de continuar a escrever JoJo’s Bizarre Adventure para sempre

O jornal Mainichi Shimbun publicou uma entrevista ao mangaká Hirohiko Araki, o autor de Jojo’s Bizarre Adventure (JoJo no Kimyou na Bouken), onde ele afirmou que se JoJo’s Bizarre Adventure acabasse por ser o seu único trabalho que ele escrevesse ao longo da sua carreira como autor de mangá, ele não teria nenhum problema.

Se JoJo’s Bizarre Adventure acabar por ser a única série notável em que trabalho, tudo bem para mim. Você sabia que existem oleiros que continuam a trabalhar mesmo depois de completarem 90 anos? Isso é algo que admiro. Eu gostaria de continuar a escrever isto para sempre

O comentário, lembra outro que Araki já tinha feito numa entrevista em 2007, na qual tinha revelado as suas intenções de escrever uma “Parte 9” da obra e aposentar-se aos 50 anos.

O tempo que me resta para me sentar à minha mesa e trabalhar está a ficar mais curto. As minhas articulações também estão a começar a doer de tanto desenhar. Estas limitações físicas podem estar associadas apenas a atletas profissionais, mas também se aplicam a artistas de mangá. Se eu pudesse, provavelmente continuaria a desenhar para sempre.

Costumo desenhar as coisas estranhas que encontrei no passado. Mesmo assim, ainda há muitos mistérios sobre os seres humanos, como por que eles se tornam assassinos ou por que bajulam os seus chefes. Em teoria, enquanto a humanidade não se extinguir, os mistérios continuarão a nascer. Sabendo disso, acho que poderia continuar a trabalhar em JoJo’s Bizarre Adventure indefinidamente. No entanto, considerando a minha idade, acho que provavelmente continuarei até aproximadamente a nona parte.

Araki nasceu a 7 de junho de 1970 na província de Miyagi, no Japão, e atua na indústria do entretenimento desde 1980. Ele é mais reconhecido como o autor do mangá JoJo’s Bizarre Adventure (JoJo no Kimyou na Bouken) que foi lançado através da revista Weekly Shonen Jump (e mais tarde outras revistas) desde 1987 e acumulou mais de 120 milhões de cópias em circulação. O mangá é reconhecido pelas suas frequentes referências à música e moda ocidentais, especialmente à cultura italiana, da qual Araki é admirador.

O mais recente anime da franquia é JoJo’s Bizarre Adventure: Stone Ocean que estreou na Netflix a 1 de dezembro de 2021.

Sinopse de JoJo’s Bizarre Adventure: Stone Ocean

Florida, EUA, 2011 — Após um acidente de viação durante um passeio com o namorado, Jolyne Cujoh cai numa armadilha e é condenada a uma sentença de quinze anos na prisão de segurança máxima Dolphin Street Prison, também conhecida como “O Aquário”. À beira do desespero, ela recebe um amuleto do pai, que desperta nela um tremendo poder. Uma mensagem de um rapaz misterioso que aparece diante de Jolyne e que lhe conta coisas sobre este mundo “que são mais terríveis que a própria morte, incluindo o que está a acontecer nessa mesma prisão”, uma sequência de eventos inexplicáveis, a verdade chocante revelada pelo seu pai durante uma visita e o nome DIO… Será Jolyne capaz de escapar do verdadeiro mar de pedra que é a sua prisão? A batalha final que irá pôr fim ao fatídico confronto secular entre a família Joestar e DIO está prestes a começar!

Subscreve
Notify of
guest
4 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Bruno Reis
Membro
29 , Maio , 2022 17:57

O homem é um vampiro imortal por isso acredito.Só há que ter respeito pelo senhor, e o que produziu e transformou.

Last edited 1 mês atrás by Bruno Reis
AdmmiD
Admmi
29 , Maio , 2022 20:13

Não me importava de continuar a ler jojo por muitos mais anos..

LikouD
Likou
29 , Maio , 2022 20:54

É um sofrimento que todo artista tem que passar, infelizmente. Ter a mente cheia de projetos mas o corpo não poder mais acompanhar.

Last edited 1 mês atrás by Likou
Ruy Moutinho
Ruy Moutinho
29 , Maio , 2022 22:02

Por mais que eu ame JoJo preferia que o Araki terminasse na próxima parte, para que não acontecer dele deixar a história na metade ou começar hiatos constante devido a idade ou a saúde se deteriorando.