Japonês preso por ameaçar staff da Kodansha por causa da rejeição da sua novel

Japonês preso por ameaçar staff da Kodansha por causa da rejeição da sua novel

A polícia do bairro de Otsuka em Tóquio prendeu um homem de 44 anos por este ter ameaçado de morte no twitter os funcionários da Kodansha.

O suspeito afirmou no seu depoimento que ele fez a ameaça depois das suas novels continuarem a ser rejeitadas pela editora e acrescentou que “nunca pretendeu realizar a ameaça”.

O suspeito, um morador de Okinawa, terá dia 14 de maio, ameaçado no twitter a Kodansha escrevendo que iria “esmagar as suas cabeças com um martelo e cortá-las com um cutelo”, e que “vou ao departamento editorial rasgá-los e crivá-los com buracos” e ainda “apunhalar todo o departamento editorial”.

A Kodansha notificou a policia no final de maio e todos estão recordados das trágicas consequências de uma situação do género que provocou a morte de 36 funcionários da Kyoto Animation.

FONTESankei News
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.