Mangá Act-Age foi cancelado

"chegamos à conclusão de que é impossível continuar com a sua serialização"

Capa do volume 1 de Act-Age
Capa do volume 1 de Act-Age

O drama à volta do mangá Act-Age continua após a prisão do seu autor, Tatsuya Matsuki, por abuso de menores e a depois de consultar a artista do mangá, Shiro Usazaki, a Weekly Shonen Jump decidiu dar por terminado o mangá.

A história vai terminar dia 11 de agosto com a edição desta semana da revista no capítulo 123.

Em baixo podem ler o comunicado oficial.

Matsuki Tatsuya, o escritor de Act-Age, foi preso em 8 de agosto de 2020.

O departamento editorial leva esta situação muito a sério, e depois de confirmar o assunto e discuti-lo com Shiro Usazaki Sensei, a artista da série, chegamos à conclusão de que é impossível continuar com a sua serialização. O capítulo que está na edição combinada 36/37 da Weekly Shonen Jump será o capítulo final.

É extremamente lamentável ter que terminar uma série que tem recebido tanto apoio de tantos leitores desta forma. No entanto, esta decisão foi tomada devido à natureza do incidente e porque a Weekly Shonen Jump reconhece o peso de sua responsabilidade social.

Oferecemos os nossos mais profundos pesares e desculpas aos nossos leitores. Este é um momento difícil para Usazaki Sensei, mas o departamento editorial oferece a Usazaki Sensei o nosso apoio e incentivo para trabalhos futuros.

Informações sobre volumes de novels e publicações e eventos relacionados serão anunciados assim que forem decididos.

10 de agosto de 2020

Departamento Editorial da Shonen Jump

O incidente ocorreu no dia 18 de junho, por volta das 20h. Matsuki de bicicleta aproximou-se por trás tocou e assediou uma menina do ensino médio que tinha entre 12-15 anos de idade. Aproximadamente 1 hora depois, ele assediou outra menina da mesma forma.

Tatsuya Matsuki, quando apresentado com a filmagem CCTV dos dois incidentes com ele supostamente a agredir sexualmente duas meninas, confirmou que “não há dúvida” de que o homem na filmagem era ele.

Act-Age é um manga que começou a ser publicado em janeiro de 2018 fazendo parte da iniciativa JUMP START que tem como objetivo criar as próximas grandes obras da Jump. A obra é publicada com historia de Tatsuya Matsuki e arte da ilustradora Shiro Usazaki.

A história acompanha Kei Yonagi que vem de uma família pobre cujo pai a abandonou juntamente com os seus dois irmãos mais novos, deixando-a encarregue de cuidar da família depois da morte da sua mãe. Quando apareceu a oportunidade de perseguir o seu sonho de se tornar atriz, Yonagi aproveita a chance. Chamando a atenção do diretor Sumiji Kuroyama, a oportunidade de Yonagi brilhar tinha chegado. No entanto, o talento de Yonagi para atuar vem da sua habilidade extrema e inata para o Método de Atuação, que várias pessoas notam como potencialmente auto-destrutivo.