Mangá de Ni no Kuni termina em Janeiro 2020

Capa do volume 1 do mangá Ni no Kuni
Capa do volume 1 do mangá Ni no Kuni

A Bessatsu Shōnen Magazine da Kodansha revelou que o mangá Ni no Kuni: Hikari no Kōkeisha to Neko no Ōji (The Successor of Light and the Cat Prince) de Ran Kuze vai terminar na próxima edição da revista a 9 de janeiro de 2020.

O mangá é uma adaptação da franquia Ni No Kuni da Level 5.

Kuze (Tenshin – World War Angel, Tokyo Ravens: Sword of Song) começou a publicar o mangá a 9 de abril de 2019 e o primeiro volume foi lançado a 9 de agosto. A história original e supervisão do projeto são da Level 5.

A Level-5 lançou o RPG de fantasia Ni no Kuni: Wrath of the White Witch para PlayStation 3 no Japão em 2011, após o jogo Ni no Kuni: Shikkoku no Madōshi ser lançado para Nintendo DS em 2010 e um jogo para smartphones japonês. A Namco Bandai Games lançou então Ni no Kuni: Wrath of the White Witch fora do Japão em 2013. De assinalar que na versão em inglês do jogo Ni no Kuni II: Revenant Kingdom, o reino é chamado de Evermore em vez de Estavania.

A Level-5 também lançou o jogo Ni no Kuni II: Revenant Kingdom para PlayStation 4 e PC em Março de 2018.

Uma versão remasterizada de Ni no Kuni: Wrath of the White Witch foi lançada para PlayStation 4 e PC a 20 de setembro.

A franquia inspirou um filme anime que estreou nos cinemas japoneses a 23 de agosto de 2019. A animação é da responsabilidade do estúdio OLM (Pokémon, Inazuma Eleven), a direção é de Yoshiyuki Momose (designer de personagens de The Legend of the Galactic Heroes) e a música é de Joe Hisaishi (Nausicaä of the Valley of the Wind, Princess Mononoke, Spirited Away). A história é de Akihiro Hino, o CEO da Level 5.

Na história, Yū é um estudante do ensino médio que través de um certo incidente viaja com os seus dois amigos para Ni no Kuni. Quando a vida de Kotona é colocada em perigo, os três devem fazer “a escolha final”.