Mangá O Preço da Desonra vai ser lançado em Portugal pela A Seita

Oficialmente a A Seita ainda não confirmou em que formato vai lançar a obra do mestre Hiroshi Hirata

O Preço da Desonra capa manga

No seu instagram a Editora A Seita revelou um painel do mangá O Preço da Desonra: Kubidai Hikiukeni de Hiroshi Hirata, acompanhado da frase “Em breve”, o que é um forte indicativo que a editora se prepara para entrar no mundo da publicação de mangá em Portugal.

No Brasil o mangá foi lançado com o título O Preço da Desonra: Kubidai Hikiukenin pela Pipoca & Nanquim e desconhecemos se o nome se manterá o mesmo em Portugal. No Brasil o mangá foi lançado numa “edição definitiva” que reúne todas as clássicas histórias de Hanshiro em 396 páginas.

Sinopse de O Preço da Desonra: Kubidai Hikiukenin 

A simples menção da palavra “samurai” basta para evocar o espírito do guerreiro, seguida por substantivos que parecem estar diretamente conectados a ela, como honra, bravura e perseverança. E, apesar de o samurai ser um combatente perfeito, protegido pela sua armadura e com espada em punho, destaque em histórias de heroísmo e com a existência baseada num resoluto código de conduta, há um lado obscuro que envolve esses guerreiros e desafia tudo o que pensávamos saber sobre eles!

Num determinado período do xogunato no Japão, as lutas travadas nos territórios em conflito começaram a ser negociadas e ganharam contornos económicos, quando honra, tradição e glória foram substituídas pelo comércio puro e simples. Após o resultado de um combate de espadas, o derrotado podia manter a cabeça sobre o pescoço… Desde que pagasse a quantia certa para tanto!

Em O Preço da Desonra, Hiroshi Hirata explora essa questão em sete histórias ao mesmo tempo fascinantes e cruéis, capazes de transformar nossas perceções a respeito da mítica figura do samurai, e apresenta um dos seus maiores personagens, Hanshiro.

Sobre Hiroshi Hirata

Hiroshi Hirata nasceu em 1937 e faleceu a 11 de dezembro de 2021. Foi um mangaká especializado em mangás cujo conteúdo realista e violento é destinado a um público adulto – sobre a vida dos samurais e do bushido.

As obras de Hirata pertencem ao movimento “gekigá” e a sua obra tem um estilo realista comparável ao trabalho de Goseki Kojima em Lobo Solitário ( Lone Wolf and Cub). Ele também é conhecido por usar caligrafia elaborada para o diálogo (ele fez o kanji de Akira de Katsuhiro Otomo).

Subscreve
Notify of
guest
1 Comentário
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Samuel Silva
Samuel Silva
6 , Junho , 2022 11:47

Mais manga! Sempre boa notícia e a obra escolhida parece bem interessante!

Last edited 24 dias atrás by Samuel Silva