Perguntas da imprensa e do público no último dia do NewPOP WEEK 2021

Neste domingo (31) foi realizado o último dia do NewPOP WEEK 2021. Neste sétimo e último dia do evento online a NewPOP foi questionada por membros da imprensa especializada e do público brasileiro.

A primeira pergunta foi relacionada a possibilidade de a editora lançar uma revista no estilo de antologia. Foi revelado que é complicado lançar este tipo de revista no Brasil pois cada publicação possui um licenciamento individual. Sobre a importância da qualidade do papel na publicação de uma obra, a editora informou que sempre priorizou pela qualidade do papel em suas coleções e que a empresa sempre tenta fazer preços em valores competitivos.

Em relação sobre a diferença entre licenciar uma obra japonesa e uma obra coreana, foi revelado que as editora japonesas impõem restrições nas editoras brasileiras em relação a propagandas, deram como exemplo que a editora não pode colocar uma propaganda em uma obra de um manga que não seja de uma licenciante diferente. Já sobre o impacto da publicação de Solo Leveling no mercado, foi dito que está sendo uma experiência legal a obra e que ela está trazendo bons resultados, mesmo diante de diversos problemas, como a falta de papel e gráfica que não podia imprimir a obra em 2020.

Sobre a questão de os mangas brasileiros estarem ficando elitizados, a editora não concorda com essa afirmação, eles afirmam que existe obras com acabamento luxuoso mas que a boa parte não é. Eles também afirmaram que é normal os preços subirem e usaram como exemplo o valor de lanches fast foods. Também foi relatado que o preço do papel flutua, mas que o valor do dólar (utilizado para comprar o papel usado nos mangas) não diminuiu neste período.

A editora foi questionada sobre a possibilidade de lançar mangas em formato digital e foi revelado que eles pretendem entrar no ramo digital de alguma forma, mas ainda sem nenhuma previsão e sem a possibilidade de criarem uma plataforma própria. Já sobre a forma como são escolhidos os títulos que serão publicados no Brasil, foi informado que existem diversos fatores para o licenciamento, como participação de fórum e ficar de olho no mercado ocidental e oriental.

Sobre a possibilidade de lançamento de produtos oficial das obras da editora, foi revelado que a NewPOP pretende continuar lançando produtos em eventos, mas que esses produtos custam caro por causa de contrato e de produção. Já sobre a possibilidade de a editora produzir audiobooks, foi falado que esse tipo de mídia é mais complicada de ser lançada no Brasil.

Um fã de animes, cinema, games, séries e com um gosto musical incomum. Membro brasileiro do OtakuPT e estudante de Processos Fotográficos.