Professor preso por fazer bullying a um aluno até à morte por causa de um Mangá

Humilhado por ler Kenja no Mago (The Wise Grandson), professor leva aluno a cometer suicídio

Ilustração presente em Kenja no Mago (The Wise Grandson)
Ilustração presente em Kenja no Mago (The Wise Grandson)

Os jornais sul-coreanos noticiaram recentemente o caso perturbador de um professor do ensino médio que repreendeu e humilhou um aluno à frente da classe, fazendo com que ele cometesse suicídio no mesmo dia.

A 26 de abril de 2020, o professor de ética da Youngshin Middle School, em Pohang City, referido apenas como “A”, por razões de privacidade pessoal, foi condenado por abuso infantil e condenado a 10 meses de prisão e teve a sua licença de ensino suspensa por 5 anos. O seu crime: envergonhar um aluno do 9º ano à frente de toda a classe depois de o apanhar a ler um mangá e fazendo com que ele terminasse a sua própria vida, por causa da humilhação. A sentença do professor enviou ondas de choque através das mídias sociais sul-coreanas, com alguns leitores a acusar o professor de bullying e outros expressando temor de que o caso estabelecesse um precedente que provocaria medo a outros professores, impedindo-os de serem rigorosos quando necessário.

Os trágicos eventos que levaram à morte prematura do jovem Kim Gun Woo aconteceram a 25 de março de 2019. Durante a aula de ética, ele foi “apanhado” pelo professor a ler uma cópia de Kenja no Mago (The Wise Grandson), um mangá do autor japonês Tsuyoshi Yoshioka ilustrado por Shunsuke Ogata. Uma investigação subsequente revelou mais tarde que o próprio professor ‘A’ pediu aos alunos que passassem a aula a ler, mas o professor de ética teve um problema com a escolha do material de leitura de Kim.

Depois de ver que as ilustrações do mangá de Kim Gun Woo tinham belas jovens em trajes de banho, ele levou o aluno para a frente da sala de aula e repreendeu-o por ler um mangá ecchi, acusando-o de “ver fotos de meninas em biquíni”. Como punição, ele fez Kim fazer flexões à frente dos seus colegas por 20 minutos.

Quando a aula de ética terminou e os seus companheiros saíram para o pátio da escola para educação física, o humilhado Kim Gun Woo ficou para trás e rabiscou uma mensagem no seu livro de ética. Foi a última coisa que ele fez antes de saltar de uma janela do 5º andar e acabar com a sua própria vida…

Na última mensagem de Kim Gun Woo podíamos ler:

Não quero mais viver… Obrigado por dar aos meus colegas uma desculpa perfeita para me provocar e intimidar. Você nem sabe o que são mangás. É uma subcultura inteira, mas você não se importa. Como você sabe que são inapropriados? Sei que não estou sem culpa nisto… mas você violou a minha privacidade e sinto-me completamente humilhado. Por favor, não repreenda [o colega de classe que me emprestou o livro]…

A polícia iniciou imediatamente uma investigação sobre o trágico fim de Kim e em agosto de 2019, à luz das evidências descobertas, os pais de coração partido do menino entraram com uma queixa contra o professor ‘A’. Um ano após a morte do estudante, a juíza Shin Jin Woo do tribunal distrital de Daegu emitiu um veredicto contra o professor de ética: 10 meses de prisão e depois 5 anos com a licença de ensino suspensa.

A juíza afirmou:

O acusado é culpado por abusar psicologicamente do aluno e levá-lo a tirar a própria vida. Além disso, considerando que o acusado não demonstrou interesse em se estabelecer com a família da vítima, o veredicto foi inevitável.

Acontece que o professor “A” não se arrependeu das suas ações e, em vez disso, culpou a família do rapaz por deixar Kim ler “livros assim” na escola. Ele também defendeu o seu histórico anterior, dizendo ao tribunal que “em todos os seus anos de ensino na escola, Kim foi o primeiro a tirar a própria vida depois de ser confrontado”.

A sentença desencadeou um acalorado debate nas mídias sociais sul-coreanas, com algumas pessoas elogiando a juíza e acusando ‘A’ de bullying e outras alegando que o professor realmente não fez nada de errado.

Capa do volume 1 de Kenja no Mago
Capa do volume 1 de Kenja no Mago

Kenja no Mago é uma novel de Tsuyoshi Yoshioka com ilustrações de Seiji Kikuchi que começou a ser lançada em 2015 no site Shōsetsuka ni Narō e conta com 7 volumes. Uma adaptação para mangá com ilustrações de Shunsuke Ogata começou a ser publicada na Young Ace Up em março de 2016. Tem 13 volumes publicados.

Dia 10 de abril de 2019 estreou nas TVs uma adaptação para série anime animada pelo estúdio Silver Link (Ange Vierge, Dusk maiden of Amnesia), a direção é de Masafumi Tamura (Ange Vierge), a história é de Tatsuya Takahashi e o design de personagens é da responsabilidade de Yuki Sawairi (Yuri Kuma Arashi, Girl Friend BETA).

A história original começa quando um poderoso mago e sábio, que salvou o mundo da calamidade muitas vezes, descobre um bebé que adota e nomeia Shin. O bebé é na realidade um homem do nosso mundo reencarnado no mundo do sábio. O sábio cria Shin, separado do resto da sociedade, e ensina-o nos caminhos da magia. Só quando Shin fez 15 anos e começou a sua própria jornada é que o sábio se lembrou que se esqueceu de ensinar a Shin o senso comum e como o mundo funciona. E, portanto, sem experiência em comunicação interpessoal e na sociedade comum, Shin desloca-se para a capital do Reino de Alsheid para se matricular na academia de magia.

Subscreve
Notify of
guest
22 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Charles
3 , Maio , 2020 13:49

História absurda mesmo. Só resta lamentar pelo garoto, e por existir ambientes de ” ensino ” assim.

JayJay the lush
3 , Maio , 2020 13:49

Conservadorismo coreano matando mais um, não surpreende ninguém, muito menos a “punição” do professor.

Char
Char
Reply to  JayJay the lush
3 , Maio , 2020 13:49

Não acho que o problema seja o conservadorismo

JayJay the lush
Reply to  Char
3 , Maio , 2020 22:14

Você não acha, mas é.

Arlindo Francisco
Reply to  JayJay the lush
3 , Maio , 2020 22:14

Tá mais para o sistema de ensino coreano… Não tem nada haver com conservadorismo

JayJay the lush
Reply to  Arlindo Francisco
4 , Maio , 2020 13:54

E o sistema de ensino sul coreano é como? Conservadorismo extremo, pior que o japonês, felizmente o primeiro ministro e o novo presidente estão tentando mudar isso.

Admmi
Admmi
3 , Maio , 2020 13:49

Ele nem culpado se sente, nenhum outro aluno q ele “educou” com este método de “ensino” fez o mesmo e ele acha q isso é uma desculpa, humilhação é humilhação e qualquer “professor” q recorre a este tipo de métodos é um lixo, escumalha humana, a merda q deus esqueceu de dar descarga.
Que ele seja despedido e nunca mais trabalhe e condolências à família.

artur victor
artur victor
3 , Maio , 2020 13:49

O cara não pode nem ler um ecchizinho em paz pqp….

Joe
Joe
3 , Maio , 2020 13:49

Pegou apenas 10 meses de prisão e vai ficar 5 anos sem trabalhar, enquanto o garoto perdeu a vida por nada e a família foi destruída. E o verme ainda tripudia em cima da família depois. É por isso que eu costumo dizer, em qualquer lugar do mundo escolas sempre serão PRISÕES.

Luis Felipe Zortea
Luis Felipe Zortea
Reply to  Joe
3 , Maio , 2020 22:14

Tem um vídeo da Louie Ponto, em que ela fala sobre o bullying que sofreu, no qual ela fala que a escola é um ambiente em que muitas vezes, ao invés de acolher os alunos, suas individualidades, seus próprios seres, e estimular a uma melhor convivência, respeito e compreensão, acaba muitas vezes estimulando o comportamento contrário, já auxiliando em aspectos ruins da própria sociedade, como segregação, violência e preconceito. Sua fala me fez lembrar disso.

Joe
Joe
Reply to  Luis Felipe Zortea
4 , Maio , 2020 13:54

Total. Vi e passei por coisas similares, vi inclusive pessoas se matando por isso. A ideia por si só de obrigar alguém estar em um ambiente em que muitas vezes ele não quer estar e com pessoas que ele não quer estar e ter que lidar, por vários e vários anos, pra mim já é aterrorizante. Se for colocar as outras coisas na balança aí que vira uma sentença mesmo.

Luis Felipe Zortea
Luis Felipe Zortea
Reply to  Joe
6 , Maio , 2020 2:41

Pesado. Como alguém que sempre foi muito tímido, e com dificuldade de socializar, entendo bem essa sensação também. Abraço.

Joe
Joe
Reply to  Luis Felipe Zortea
8 , Maio , 2020 10:22

Idem.

Alnelo
Alnelo
3 , Maio , 2020 13:49

Sem palavras para descrever tal ato.

Fabio Lira
Fabio Lira
3 , Maio , 2020 13:49

Professor de ética, curiosamente eu estava lendo um pouco antes de ler essa noticia um mangá sobre isso que é excelente por sinal (we shall now Begin ethics) que mostra um professor de etica mudando todo o ambiente escolar ajudando os alunos com seus diversos problemas.
Esse professor coreano no caso é o completo oposto, um babaca que abusa da autoridade pra humilhar os alunos, o fato de ser um professor de ética deixa tudo ainda pior por que a atitude dele é completamente anti-etica, tanto pela humilhação quanto pelos comentários sobre a familia, o pior é ver que gente concorda com ele e o defende, disciplina e ser rígido não tem relação nenhuma a fazer alguém passar vergonha ou sofrer abusos, se isso é algo recorrente então é pq o sistema educacional precisa e muito mudar.

Luis Felipe Zortea
Luis Felipe Zortea
Reply to  Fabio Lira
3 , Maio , 2020 22:14

Concordo.

Você citando esse mangá de novo…qualquer hora, vou ter que tomar coragem e ler a sério kkkkkk

King Lion 2019
King Lion 2019
3 , Maio , 2020 13:49

Ato inumano. Ser rigoroso é uma coisa, agora ser cruel e filho da puta é outra bem diferente. O mais revoltante é ver o canalha pegando uma punição ridícula e ainda tripudiando em cima dos pais. Verdadeiro sociopata travestido de professor. O mais irônico de tudo é o cara ainda ser professor de “ética”. Tá na hora de nós revermos os nossos conceitos…

Resumo de Livros
Resumo de Livros
3 , Maio , 2020 13:49

Se fosse assim no Brasil teria um desse pulando da janela por aula…

Arlindo Francisco
Reply to  Resumo de Livros
3 , Maio , 2020 22:14

Se fosse aqui no Brasil o moleque tinha mandado o professor tomar no cu dele.

Hikaru Sakata
Hikaru Sakata
Reply to  Arlindo Francisco
4 , Maio , 2020 13:54

Se fosse no Brasil o professor levaria uma facada do aluno. (Aconteceu na minha cidade).

Luis Felipe Zortea
Luis Felipe Zortea
3 , Maio , 2020 13:49

Meu Deus…o caso é tão forte e chocante, que me faltam palavras…muito triste 🙁

Caioba (落ちる)
Caioba (落ちる)
4 , Maio , 2020 13:53

Que filho da puta. O mangá disso aí é uma bosta, mas caramba fazer isso foi completamente alguém que não pensa nos outros, sério o cara motivou a suicidar só por ter um mangá de Kenja no Mago, merecido mano cara foi filho da puta.