Para os fãs mais habituais de animes há nomes de dentro da indústria que nos começam a ficar familiares, muito porque esses mesmos nomes nos habituaram com ótimos produtos finais ao longo dos anos.

Posto isto, no passado dia 28 de abril a Netflix fez o lançamento global de Bubble, um filme que nada mais é do que um projeto ‘All Star’ que acaba por ser um belo ‘bombom’ para os fãs de anime.

Aos que duvidam das minhas palavras, vale a pena frisar que contamos aqui com a animação por parte do Wit Studio (Attack on Titan, Kabaneri of the Iron Fortress, Vivy: Fluorite Eye’s Song, Great Pretender), a direção é de Tetsuro Araki (Attack on Titan), o guião é de Gen Urobuchi (Madoka Magica, Fate/Zero, Psycho-Pass) e o design de personagens é de Takeshi Obata (ilustrador de Death Note) e a banda sonora é de Hiroyuki Sawano (Attack on Titan).

Sinopse:

A história acontece em Tóquio após bolhas quebrarem as leis da gravidade e choveram sobre o mundo. Isolada do mundo exterior, Tóquio tornou-se um parque de diversões para um grupo de jovens que perderam as suas famílias, atuando como um campo de batalha para as batalhas da equipa parkour enquanto saltam de um prédio a outro. Hibiki, um jovem conhecido pelo seu estilo de jogo perigoso, faz um movimento imprudente e cai no mar. A sua vida é salva por Uta, uma menina com poderes misteriosos. O par ouve então um som único audível apenas para eles. Por que Uta apareceu diante de Hibiki? O seu encontro leva a uma revelação que mudará o mundo.

Uma aula de produção pela mão de quem sabe:

Há obviamente muitas coisas que se podem discutir sobre este filme, mas se há coisa que obviamente é indiscutível, é a qualidade de produção a todos os níveis técnicos possíveis. A animação é impecável, tanto a nível visual como a nível de movimentação, não há nada que seja possível apontar como um erro técnico por parte dos envolvidos.

Tenho a certeza de que muitas reviews sobre este filme que são possíveis de encontrar pela internet ficaram centradas no apelo visual, mas embora o visual seja certamente o que salta mais à nossa vista, não posso deixar de apontar a qualidade igualmente perfeita do som que se encontra presente nesta produção.

Claro, a música tema é ótima, mas refiro-me à mixagem de som em si, a meu ver é uma das melhores qualidades do filme e que tem o dom de transformar momentos que padecem do ‘fator épico’ a nível de narrativa em momentos memoráveis do filme.

Esteticamente perfeito, narrativamente vazio:   

Como o título deste artigo indica, de facto o filme parece um AMV de quase 2 horas e vale a pena ser visto pelo prazer visual (e auditivo) que vos vai provocar. Porém, o que o torna um filme narrativamente fraco é um roteiro extremamente básico sem grande ambição.

O filme faz uma releitura da história da Pequena Sereia de forma muito superficial, digo isto porque na versão da Disney a forma com que nos importamos com os acontecimentos é bem mais relevante do que aqui, muito porque o roteiro da versão da empresa do rato mais famoso do mundo é muito mais trabalhado à volta dos momentos que de facto são relevantes e das personagens que neles estão inseridas. Além do roteiro bastante mediano, um dos maiores ‘pecados’ do filme é a falta de personagens interessantes, fora a Uta e o Hibiki, mais nenhum personagem é realmente importante para o espectador, chego mesmo a dizer que a 90% dos personagens deste filme não possuem qualquer utilidade narrativa para a história, fazendo com que estejam lá mais como parte do (belo) cenário do que do roteiro propriamente dito.

O Bubble ‘peca’ por se ter apoiado mais na produção técnica e menos no roteiro, passando uma ideia nas nossas considerações finais de que o filme nada mais é do que um ÓTIMO portefólio do WIT Studio ser apresentado em futuras reuniões com comités de produção.

Ainda assim, é um filme que é obrigatório para todos os fãs de anime.

Review por Eduardo Beja.

Subscreve
Notify of
guest
3 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
PhillD
Phill
5 , Maio , 2022 20:26

Filme com visual, trilha sonora e sakugas lindos mas a história é bem fraca mesmo a mensagem sendo forte. Pena que pra chegar até essa mensagem o filme não teve um roteiro e personagens bons pra conseguir passar o que queria passar.

Noᥙzᥱᥒ ΨυκιησD
Noᥙzᥱᥒ Ψυκιησ
5 , Maio , 2022 23:43

Já tava sem ânimo pra ver o anime pelos trailers muito suspeito. Agr com essas críticas ao roteiro, fiquei mais ainda kkkk

CharlesD
Charles
6 , Maio , 2022 4:25

Eu vi pelo parkour, então não esperava muito da história.