Into the AMV world

Muito prazer meus fellow otakus, sou o REM.

Sou o novo membro da equipa OtakuPT e serei o vosso host para o segmento semanal de AMV´s. Espero conseguir demonstrar o quão interessante um anime music video pode ser, tanto tecnicamente como ideologicamente, na perspetiva de um editor e fã. E com esse objectivo em mente não haveria melhor escolha que o amv Into the Labyrinth, criado pelo bakemono conhecido como Lolligerjoj, para demonstrar o quão cativante esta forma de arte pode ser.

Apesar de já ter visto um vasto numero de amv´s priori a Into the labyrinth, foi após ver esta obra que eu fui inspirado a me tornar um editor e aprofundar-me na cultura de amv´s. Atualmente, após ter adquirido mais experiência, revejo este amv com um olhar mais critico aceitando que a obra prima que eu mais admirava contêm imperfeições bem claras.

Sendo muito breve, o amv em termos de tecnicas de edição foi um dos pioneiros na utilização do Twixtor. Este, para quem não conhece, é um plugin usado em programas de edição para transformar videos em super slow motion, mesmo tendo eles originalmente baixo framerate. É deste modo que Lolligerjoj consegue produzir trabalhos com movimentos tao lentos e suaves. Para além do slow motion, o amv possui o que eu considero um dos melhores trabalhos de sincronização já feitos, fazendo uso dos movimentos corporais dos personagens, como por exemplo os lábios e os olhos, e o próprio cenário, como por exemplo os sinais transito. Lolligerjoj chega até a sincronizar humor dos personagens com a musica e a edição utilizada.

Inicialmente o amv começa com um tom alegre e uma edição bem “simples”, focado mais na exposição do cenário e dos personagens. O instrumental é composto por sons simples e claros com um pacing de transição de cenas bem lento. Mas com a introdução de sons mais ruidosos ao instrumental,  a vídeo começa a distorcer-se, apresentando uma iluminação mais escura. Os próprios personagens passam a ter uma expressão mais seria e com o aumento do pacing para um tom mais frenético a expressão seria torna-se em desespero. Com o surgimento do titulo do amv e-nos concedido um breve alivio, este que é apenas temporário já que o amv muda completamente a partir dai para um galore psycodelico de syncronia a 1080p/60fps.

Numa primeira visualização, este amv seria nada mais que um magnun opus por parte de Lolligerjoj. Mas com desenvolvimento de um olhar mais critico e múltiplas visualizações frame por frame, conseguimos identificar “falhas” na edição que o próprio autor comprova. Sendo estes, por exemplo, warps imperfeitos devido a inexperiência do editor com o twixtor e uma utilização excessiva de glich para cobrir falhas na edição.

Apesar disto, Into the Labyrinth continua e provavelmente continuara a ser o meu amv favorito. As imperfeições que eu mencionei acima, são nada menos do que a personificação da inexperiência que o editor tinha com Twixtor. E mesmo com a adaptação a este novo elemento, surgiu um dos amv´s mais aclamados pela comunidade, tendo vencido vários prémios em várias categorias incluindo melhor edição.

Se quiserem saber mais sobre o amv e o autor deixo-vos com os seguintes links:

Informações sobre o video https://www.animemusicvideos.org/members/members_videoinfo.php?v=191342

Canal do Lolligerjoj

https://www.youtube.com/user/lolligerjoj1