8 Séries anime que o criador original odeia

Embora alguns autores estejam de acordo com algumas liberdades artísticas pelos estúdios de animação e fiquem contentes com uma adaptação anime da sua obra muitos outros nem sequer ponderam permitir que isso aconteça devido a más experiências como por exemplo Hiroyuki Takei, o criador do manga , que tal como noticiámos recentemente recusou uma nova série anime.

Em baixo encontram 8 séries anime que os criadores da obra original odeiam profundamente.

 

A mangaka Natsuki Takaya não vai deixar tão cedo nenhum estúdio aproximar-se de , principalmente se for o .

A adaptação para anime foi feita quando ela lesionou o seu punho pelo que ela teve muito tempo disponível para se dedicar à adaptação para anime. Mas as suas opiniões chocaram sempre com as do diretor Akitaro Daichi e o optou por rejeitar as opiniões de Takaya e em retaliação ela bloqueou todas as tentativas de uma segunda temporada ou remake.

 

Masume Yoshimoto, o criador de escreveu no seu tumblr que o episódio final foi um desastre e mostrou arrependimento em não ter consultado o argumento da série. Ele rapidamente apagou o post e recuou nas suas afirmações agradecendo ao staff o seu trabalho e assumindo a responsabilidade se fez com que alguém ficasse desconfortável.

 

Kare Kano

Kare Kano foi um desastre nos bastidores e a adaptação é amplamente criticada pela mangaka Masami Tsuda.

Kare Kano foi o primeiro manga longo de Tsuda e foi escolhido pelo estúdio como ou seu trabalho após Neon Genesis Evangelion. O diretor Hideaki Anno queria afastar-se dos elementos negros do manga e inserir uma componente cómica como foco no diálogo. Tal decisão colidiu com a visão de Tsuda que queria que o diretor larga-se a comédia e se focasse nos personagens e história.

Hideaki Ann acabou por deixar a série após 13 episódios graças às ameaças de Tsuda em despedi-lo. Os restantes 13 episódios foram dirigidos por Kazuya Tsurumaki e a autora já publicamente afirmou que não permite uma segunda temporada pela .

 

Victory Gundam

Yoshiyuki Tomino tem uma relação amor-ódio com a franquia Gundam. Dependendo do seu humor, a franquia é o seu presente para o mundo ou um erro terrível.

Mas, se existe algo que ele verdadeiramente odeia é Victory Gundam, chegando mesmo a pedir aos fãs para nunca o assistirem. Quando a Sunrise lançou um Blu-ray, Tomino escreveu: “Quero rejeitar completamente este trabalho. Este tipo de resultados são da total responsabilidade do diretor. Se você por algum erro assistir este Blu-ray, tente procurar o que é mau em Mobile Suit V Gundam. Se mesmo uma pessoa se aperceber, então eu acredito que haverá um significado em lançar este Blu-ray “.

 

Pokémon

Takeshi Shudo foi o escritor principal do anime Pokémon e criou os arcos Kanto, Orange Island e Johto. Shudo despediu-se durante o tempo do arco de Johto porque detestava a formula que o anime estava a seguir.

Numa série de longos posts, Shudo revelou que o seu tom escuro inicial nos jogos foi recusado a favor de uma fórmula vocacionada para crianças. Por exemplo, num ponto da história Pikachu ia liderar uma revolta Pokémon contra os seus mestres.

Shudo também começou a odiar Jesse e James, dois personagens que ele criou para o anime. Ele detestava como eles eram usados como sacos de pancada e eram inofensivos, tudo por causa do mandato corporativo.

 

Sensual Phrase

Mayu Shinjo parou realmente de escrever mangas shoujo porque Sensual Phrase foi adaptado sem o seu conhecimento. Shinjo escreveu que foi a última pessoa a saber da adaptação e que não lhe foi permitido qualquer interferência na produção.

Shinjo deixaria mais tarde a Shogakukan (editora do seu manga) em 2007 depois de saber que o anime iria ser retransmitido na AT-X após encontrar a notícia numa listagem de um guia de TV. Atualmente, ela escreve mangas Boys Love.

 

Hisashi Suzuki o criador de afirmou que a adaptação para anime foi um erro e revelou que o estúdio adaptou a obra apesar de ele lhes ter dito para não o fazer e que existiam obras melhores para serem adaptadas.

 

Neste anime e para contrariar o habitual foi o próprio diretor que mostrou o seu desagrado pela história do manga. Num post ele escreveu “O diretor [Morita] da versão animada de Bokurano não gosta do manga original. Daqui em diante, não podem esperar que a versão animada expanda sobre o que gostam na obra original. Então, fãs do original, por favor, não assistam a versão animada de agora em diante”.

Mohiro Kitoh, o criador de , aprovou todas as mudanças da história no anime mas as conversas entre os dois devem ter sido muito estranhas.