Anime e jogo de My Hero Academia também já foram banidos na China

Painel que apresenta o verdadeiro nome do personagem
Painel que apresenta o verdadeiro nome do personagem

Depois do mangá era apenas uma questão de tempo e podemos agora constatar que a série anime e jogo de My Hero Academia (Boku No Hero Academia) também já foram banidos na China em resultado da polémica que se instalou à volta do nome de um personagem que era uma referência a crimes de guerra cometidos pelo Japão durante a Segunda Guerra Mundial.

A gigante Bilibili acabou de remover do seu catálogo todas as 4 temporadas da adaptação para série anime de My Hero Academia (Boku No Hero Academia).

O recente jogo mobile de My Hero Academia também se encontra indisponível para download uma vez que os produtores são chineses.

Tal com o afirmamos anteriormente, certamente o autor nunca pensou que um nome de um personagem significasse a perda de um enorme mercado

Kohei Horikoshi, veio publicamente pedir desculpa e afirmar que iria mudar o nome do personagem, mas nem isso serviu para apaziguar os ânimos e toda a franquia está agora banida na China “de acordo com as políticas” daquele país.

No twitter Kohei Horikoshi afirmou:

Muitos apontaram que o nome do personagem ‘Shiga Maruta’ no capítulo de Jump desta semana trouxe lembranças de atos realizados no passado. Eu não pretendia que esse nome fosse associado como tal. Levo esse assunto muito a sério e vou mudar o nome.

Uma breve recapitulação do que aconteceu. O nome do Dr. Daruma Ujiko foi revelado no mangá no seu capítulo 259 como “Maruta Shiga“, com “maruta” a ser o nome japonês para as vítimas de experiências humanas durante a Segunda Guerra Mundial. Este é considerado como um dos piores crimes de guerra praticado pelos japoneses.

Visto que o personagem é um seguidor do vilão da série All For One e um cientista que realmente faz experiências em seres humanos, isso deixou um gosto amargo na boca de muitos fãs.

A própria Shonen Jump também emitiu um comunicado afirmando que os leitores:

apontaram que no capítulo mais recente de My Hero Academia o personagem ‘Maruta’ tinha um nome que lembrava ‘fatos históricos passados’. Não havia intenção por trás da nomeação do autor ou do departamento editorial. No entanto, como não é nossa intenção sobrepor trabalho com fatos históricos não relacionados, após consulta ao autor, decidimos mudar o nome quando os capítulos forem compilados em volumes futuros.