Boku no Hero Academia 3 – 02: O treinamento promete ser mortal

Tentem não morrer!!

Boku no hero vai aos poucos introduzindo o novo arco, tem pouca aparição dos vilões, mas essa pouca aparição da lugar para desenvolver as aulas do curso de heróis, afinal a história é sobre isso e felizmente não está sendo esquecido.

O momento em que estão enfrentando os monstros foi importante por que além de dar atenção aos personagens secundários mostra que as habilidades de todos é funcional em batalha, mesmo aquelas que aparentam ser menores perto de individualidades como a de Todoroki ou Bakugou por exemplo, todas não são necessariamente habilidades de batalha, mas o heroísmo não está somente em derrotar os vilões, mas também em salvar o civil, cuidar da cidade, lidar com situações diversas. 

A direção deixou ainda mais interessante a cena pois em algumas sequencias a câmera passou de um personagem ao outro de maneira orgânica, de modo a situar todos no mesmo lugar e situação, contando ainda com alguns combos entre personagens. Pecou em não prolongar um pouco tais cenas, foram muito rápidas, acredito que renderia momentos ainda mais interessantes se tivesse sido mais trabalhada.

Outro ponto interessante foi o destaque dado pela heroína aos 4 que se sobressaíram, Midoriya, Todoroki, Iida e Bakugou, na verdade, mais precisamente os 3 primeiros que fazem mais sentido pois já enfrentaram uma batalha de verdade contra um perigoso e forte adversário, já obtiveram uma certa experiencia, convenhamos que Bakugou foi colocado para não ficar muito atras deles.

Falando especificamente do Bakugou, é um personagem interessante e portanto merece mais do que ser só o rival que fica gritando com o protagonista, Midoriya já tem de certa forma dois rivais, Bakugou e Todoroki, mas a maneira como as coisas se desenrolam fazem parecer que Todoroki é um real rival e Bakugou é só aquele personagem básico.

Temos uma certa quebra de expectativa ao final do ep., é nos entregue a verdade de que eles pouco melhoraram, nas palavras do próprio professor “essa melhora foi basicamente em nível mental e técnico”, as individualidades deles não avançaram muito, essa afirmação já mostra o mote desse treinamento que acredito que ira cobrir boa parte da temporada, na verdade para ser bom e interessante ele deve cobrir uma boa parte da temporada.

Algo que começou a ser explorado nesse ep. foi sobre o garotinho que detesta os heróis, pois teve um trauma relacionado a isso, interessante será ver como Midoriya irá lidar com isso, afinal o herói que ele mais admira e em quem ele se espelha não somente é um herói, mas inspira e desperta admiração em todos, poderá ele ser da mesma maneira e mudar a mente do garoto?. Esse garotinho inclusive rendeu uma cena muito engraçada.

Como é de costume teve piada do mineta, alguma diferente? jamais, sempre a mesma,  algumas outras funcionaram bem e mantiveram o clima divertido do anime. (apenas eu acho o mineta um saco??!)

Com um episodio mais movimentado, Boku no hero segue aos poucos trazendo e estabelecendo a trama que vai se passar nesta temporada, não esquecendo os vilões, deixando algumas cenas e na cena pós-credito mostrando que os vilões estão se mobilizando.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.