Boogiepop wa Warawanai – Ep. 1 e 2: É diferente e é interessante

Boogiepop wa Warawanai - Ep. 1 e 2:  É diferente e é interessante

A Temporada de Inverno começou e nesta sexta-feira (04) estreou na TV japonesa o primeiro e o segundo episódio da adaptação para anime da light novel Boogiepop and Others (Boogiepop wa Warawanai) de Kouhei Kadono (autor) e Kouji Ogata (ilustração). Com animação pelo estúdio , a direção é de Shingo Natsume (One-Punch Man, Space Dandy, ACCA: 13-Territory Inspection Dept.), o guião é de Tomohiro Suzuki(One-Punch Man, Tiger & Bunny, ACCA: 13-Territory Inspection Dept.) e o design de personagens é de Hidehiko Sawada (animador chave de One-Punch Man, Redline).

Existe uma lenda urbana que as crianças contam umas as ouras sobre um shinigami que pode libertar as pessoas da dor que estão a sofrer. Este “Anjo da Morte” tem um nome: Boogiepop. E as lendas são verdadeiras. Boogiepop é real. Quando surgem muitos desaparecimentos envolvendo estudantes do sexo feminino na Academia Shinyo, a polícia e a faculdade assumem que têm apenas um monte de fugitivas de casa em mãos. Mas Nagi Kirima sabe melhor. Algo misterioso e imundo está em andamento. É Boogiepop, ou algo mais sinistro…?

A premissa descrita acima é a mesma para a descrição dos dois primeiros episódios, porem o diferencial esta no modo em os acontecimentos são mostrados ao telespectador. Se você espera um episódio com começo, meio e um gancho para o episódio seguinte já afirmo que você pode acabar se decepcionado.

O primeiro episódio é exibido pela visão dos protagonistas da série e alguns coadjuvantes e praticamente muitas coisas são respondidas neste episódio quase no mesmo ritmo em que as perguntas são feitas. Porem o segundo episódio, exibido pelo visão do vilões do anime e de outros coadjuvantes, é essencial no complemento do que é mostrado no primeiro episódio. Com certeza o roteiro e a edição são os maiores pontos positivos para que o mistério em volta de tudo isso permanecesse interessante mesmo com muitas coisas sendo reveladas logo em seu inicio.

Boogiepop wa Warawanai - Ep. 1 e 2:  É diferente e é interessante

Mesmo que vejamos muitos acontecimentos da série por pontos de vista diferentes, a questão sobre a empatia humana com o próximo é algo em comum entre os dois episódios e da a entender que este será o ponto principal que deve desenvolvido no decorrer da história do anime e de seus personagens. Como os episódios já deixam transparecer coisas que podem ocorrer, o único ponto que não fica claro é como o tema da empatia será utilizada no decorrer dos próximos episódios. 

Para estes dois episódios a animação do estúdio Madhouse está satisfatório, porem é a forma como a edição dos episódios foi o verdadeiro destaque. A forma como a edição fica embaralhado como um quebra-cabeça, e ainda sendo possível entender o que esta ocorrendo, mostra um ponto a favor em uma ação arriscada da produção e que poderia quebrar a série logo no seu início se não funcionasse da forma correta.

No geral, estes dois primeiros episódios de Boogiepop wa Warawanai são diferentes e interessantes, a forma como os dois episódios se entrelaçam em meio a uma edição em formato de quebra-cabeça e tendo a empatia humana como ponto em comum são pontos positivos. Minha primeira impressão é que este é o anime certo para quem tem interesse em uma história de mistério bem trabalhado.

Boogiepop wa Warawanai - Ep. 1 e 2:  É diferente e é interessante