Shinichiro Watanabe video screenshot

Na mesma entrevista à Forbes em que Shinichiro Watanabe, o criador do anime Cowboy Bebop lamentou a adaptação para live-action pela Netflix, também falou sobre os problemas que teve com Hollywood e que durante a produção de The Animatrix ameaçou mesmo dar um soco a um produtor de Hollywood.

Watanabe na entrevista também falou sobre outros seus projetos, nomeadamente The Animatrix, uma minissérie animada de ficção científica com nove curtas sobre o universo Matrix.

Em The Animatrix, trabalhei pela primeira vez com pessoas de Hollywood. Trabalhar com este tipo de gente é sempre difícil. Porque no começo eles prometeram-me que eu poderia fazer o que eu quisesse, mas isso é mentira.

Na verdade, tive um grande desentendimento com um produtor de Hollywood no The Animatrix. Ele vinha sempre com aqueles pedidos estúpidos, só para poder identificar a sua própria contribuição. Como os pedidos eram estúpidos e sem sentido, recusei todos. Infelizmente, não consegui vencer nesta situação, então tive que me comprometer em algumas dessas coisas. No entanto, aprendi com essa amarga experiência. Para projetos posteriores, fiquei mais esperto ao lidar com pessoas que queriam interferir.

Shinichiro Watanabe dirigiu os episódios A Detective Story e Kid’s Story de The Animatrix, que estreou em 2003.

Shinichiro Watanabe continuou então falando sobre a ameaça que fez a um produtor:

No Japão, às vezes você encontra produtores parecidos com os americanos. Às vezes você também encontra bons produtores na América. O produtor original de The Animatrix era um tipo muito bom. Ele entendeu o meu trabalho e não fez pedidos estúpidos. No entanto, ele teve que sair devido a problemas familiares, mas o seu sucessor, chamado Spencer Lamm, foi péssimo. Tantos pedidos. Mude isto, mude aquilo. Foi muito frustrante e se esses pedidos fossem das Wachowskis, eu pelo menos respeitaria isso, pois elas criaram The Matrix.

Então, quem era o novo produtor comparado a isso? Ele explicou que era o porteiro das Wachowski e, a menos que pudesse ser convencido, não levaria o meu trabalho até elas.

Então, quando fui a Los Angeles para as sessões de gravação, disse à equipa que, se visse aquele produtor, lhe daria um soco na cara. O produtor acabou por não vir às gravações, o que é inédito.

Criador de Cowboy Bebop lamenta a série live-action da Netflix

Watanabe concluiu então:

Para um dos outros episódios por Peter Chung, ouvi uma história depois de terminarmos The Animatrix. Aparentemente, esse produtor apresentou mais de cem pedidos a Chung. Chung obviamente ficou chateado e disse que se demitia. O produtor então surtou, pois era o responsável por finalizar toda a produção dentro do prazo e do orçamento. O resultado foi que o produtor cedeu a todos os seus pedidos a Chung. Quando soube disso, pensei que ele tinha feito batota, mas também aprendi com isso. Resumindo, se você trabalha com um produtor de Hollywood, você tem que lutar. Caso contrário, você não conseguirá representar o que deseja fazer.

Watanabe dirigiu produções anime notáveis como Cowboy Bebop, Macross Plus, Samurai Champloo, Space Dandy, Carole & Tuesday e Terror in Resonance. Ele também dirigiu a curta anime “Blade Runner: Black Out 2022“.

Subscreve
Notify of
guest

3 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Douglas C. Monteiro
Douglas C. Monteiro
27 , Janeiro , 2023 17:44

kkkkkkkkkkkkkkkkk

fundashi666D
fundashi666
27 , Janeiro , 2023 17:53

Eu também faria o mesmo kkkkk

CFD
CF
28 , Janeiro , 2023 13:43

Botou o pau na mesa 😂