Criador de Muv-Luv Alternative não está satisfeito com a adaptação para anime

Hirohiko Yoshida, também conhecido como Kouki Yoshimune, é o CEO da Age e também o criador da franquia multimídia Muv-Luv. Numa transmissão recente, ele comentou sobre as reclamações dos fãs após a estreia da série anime de Muv-Luv Alternative, e revelou que também não está feliz com a participação limitada que lhe foi permitida na produção.

Yoshida comentou:

Não estive totalmente envolvido na produção do anime, exceto no primeiro episódio, por isso estou surpreso com as omissões, mas estou a assistir com uma sensação de “bem, é o que é”.

Eu não os culpo por remover todo o teste geral de habilidades de guerra no terceiro episódio. Se seguirmos a história original, o próximo episódio será o treino de aeronave e valerá a pena assistir… Acho que eles querem mostrar isso (a cena da batalha) porque é uma história de mechas. No anime, as roupas foram alteradas e substituídas por armas reais para reduzir o peso dos desenhos.

Acho que a decisão de recurso foi tomada porque se eles quisessem fazer o exercício da técnica de batalha total corretamente como o trabalho original, provavelmente teriam que fazer todos os desenhos, o que teria reduzido ainda mais a qualidade. Diz-se que esta temporada é rica em bons projetos de anime, mas se você olhar de outra forma, significa que há uma competição mais acirrada entre todos eles. Há muitas séries de mechas nesta temporada, então deve ter havido mais competição do que o normal, e eu imagino que os animadores de Muv-Luv Alternative tiveram que escolher entre recursos limitados.

Acho que é uma decisão sábia, mas também entendo os fãs que dizem: “Não entendo por que eles estão fazendo isto tão mal”. Somos profissionais e o que produzimos é o que conseguimos. Este tipo de situação da indústria é totalmente irrelevante para o cliente. E está tudo bem para os fãs reclamarem porque eles amam o material de origem, mas também não sinto vontade de dizer “por favor, não seja negativo”. No entanto, não reclamem sobre a animação à equipa de animação ou os atores de voz nas suas redes sociais ou nos fóruns de comentários. Não é humano culpar esse tipo de coisa a alguém que não tem autoridade para controlar o campo, não é? Fico feliz que vocês gostem do material original, claro que vocês estão zangados porque o amam. Para assumir essa responsabilidade, existe uma empresa gestora de animação. Neste caso, Avex Pictures. Se você tiver alguma reclamação sobre o conteúdo, como “redundância demais”, digam-lhes.

Com animação pelos estúdios Flagship Line e Yumeta Company x Graphinica, a direção é de Yukio Nishimoto (Animal Yokocho, The Galaxy Railways, Tsukiuta. THE ANIMATION 2), o guião é de Tatsuhiko Urahata (Baki, GATE, Horizon in the Middle of Nowhere, Sakura Wars the Animation), o design de personagens é de Takuya Tani (Ms. Koizumi loves ramen noodles, One Room, Pandora in the Crimson Shell: Ghost Urn) e a música é da responsabilidade de Evan Call (Schwarzes Marken, Violet Evergarden).

No elenco encontramos:

  • Kouichi Kamiki como Takeru Shirogane.
  • Tomori Kusunoki como Sumika Kagami.
  • Karin Nanami como Meiya Mitsurugi.

Muv-Luv Alternative 2nd visual

A âge depois de criar Kimi ga Nozomu Eien (Rumbling Hearts), lançou o primeiro título Muv-Luv em 2003, seguido por Muv-Luv Alternative em 2006. A franquia Muv-Luv já vendeu mais de 500 mil jogos, bem como mais de 3 milhões de figuras, modelos e outro merchandise.

Muv-Luv Alternative: Total Eclipse, uma light novel spinoff da franquia, inspirou um mangá e uma série anime com o mesmo nome. A sua prequela, Schwarzes Marken, também inspirou um anime.

Em 1973, a invasão de uma forma de vida extraterrestre, BETA, deu início a uma guerra que levou a humanidade à beira da extinção. Numa tentativa de conter a força esmagadora dos BETA em números, a humanidade desenvolveu as armas humanóides conhecidas como TSFs, implantando-as na linha de frente da sua Guerra Anti-BETA em todo o mundo. No entanto, a humanidade ainda perdeu a maioria da Eurásia para o número superior de BETA em marcha. Por quase 30 anos, a humanidade permaneceu atolada na sua luta contra os BETA, sem esperança à vista.

Kimi ga Nozomu Eien da Âge inspirou uma série anime que a Funimation lançou sob o título Rumbling Hearts.

Muv-Luv Extra e Muv-Luv Unlimited foram lançados para PC via Steam em inglês em julho de 2016, e Muv-Luv Alternative foi lançado no Steam em setembro de 2017. Os jogos receberam ports PS Vita no Japão em janeiro de 2016 e no ocidente em junho de 2018.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.