• Sentem a necessidade de a indústria de animes permitir uma melhor colaboração entre animadores/artistas ocidentais no sistema atual?

Hero: Eu acho que a colaboração seria uma boa experiência de aprendizado para os dois lados, eu não tenho certeza se isso é necessário, mas acho que fazer isso definitivamente beneficiará ambas as partes a longo prazo, mesmo que isso seja confuso no começo. Mas acho que muitos estúdios não estão dispostos ou se permitem tomar essa decisão arriscada.

  • Isto leva à próxima pergunta, vocês veem-se a mudar para o Japão no futuro para trabalhar em anime?

Julian B: Seria cool trabalhar lá no futuro.

Ryan White: De jeito nenhum. (risos) Se eu fosse para o Japão, seria para férias ou visitar locais de interesse. Os estúdios de animação estariam nessa lista, já que adoraria ver algumas das pessoas que compartilham minha paixão, e ouvir suas experiências e talvez aprender com elas, mas não sou estúpido o suficiente para me submeter às condições de trabalho deles. Talvez por um pequeno período de tempo no máximo, mas eu nunca iria querer isso a longo prazo. Seria ótimo ver as pessoas com quem eu trabalho de vez em quando; este trabalho é muito solitário.

Daniel Barón: Mudar-me para o Japão não está nos meus planos de momento. Os meus planos são estudar cinematografia e mudar-me para a França.

Tim: Eu posso ser o único, mas não me vejo a mudar para o Japão no futuro. Mas eu ainda não viajei para lá, então quem sabe talvez eu fique só pelo tsukemen.

Rio Rangel (riooo): Eu espero que sim!

Lzyboost: É algo que eu gosto de sonhar, talvez algum dia, quando as estrelas se alinharem. (risos)

ZucchiniJuice: Hmm, é pouco provavel. Eu quero ajudar a espalhar o anime mais para um meio global para o oeste. Ah, e felizmente, já está a acontecer… e haverá pessoas que precisam de servir como a “ponte”. Eu pretendo ser essa ponte. 🙂 Mas, mais importante, eu não gostaria de deixar meus gatos para trás.

Hero: Não é bem a longo prazo, mas talvez a curto prazo, se tal oportunidade for dada.

  • Que software usam para as vossas diferentes tarefas? O Clip Studio Paint tem melhorado muito, e é mencionado múltiplas vezes por muitos animadores, descobriram alguma aplicação no vosso projeto recentemente?

Julian B: Eu sempre usei flash/animate cc para animação. Clip Studio Paint parece muito bom, mas eu tenho um cérebro de um gorila e eu estou demasiado habituado ao flash.

Ryan White: Eu adoro o meu Clip Studio, toda a gente devia ter. (risos) Eu não sinto falta do Flash nem um pouco, talvez seja muito mais rápido no fluxo de trabalho, mas a má otimização e o péssimo layout são demais para eu querer voltar. O Clip Studio agora tem áudio, o que o torna uma grande potência para até mesmo precisar de outros aplicativos. É de pagamento único também, e não é muito dinheiro quando está em promoção. O Adobe cobra muito de qualquer maneira.

Daniel Barón: Eu principalmente uso Flash, mas eu usei outros softwares como o Krita. Eu provavelmente vou começar a usar o Clip Studio Paint.

Tim: Eu uso flash para tudo. Esperando por uma promoção do CSP para fazer a troca!

Rio Rangel (riooo): Eu uso o Flash CS6, quero começar a usar o CSP, mas já estou confortável com o Flash.

Lzyboost: Eu usei o Flash quando comecei a fazer animações. E comecei a usar o Clip Studio Paint EX no início deste ano e agora eu uso exclusivamente, é um programa incrível! Tem muitos recursos úteis que tornam o trabalho mais rápido.

ZucchiniJuice: Oh, o Clip Studio Paint é muito melhor agora para fazer trabalhos de anime. Eu sempre usei o CSP quando ele era chamado de Manga Studio. Então, quando começou a ser capaz de fazer animações e se tornou mais conhecido na indústria, oh, foi tão bom.

Eu na verdade conheci o CEO da Graphixly na Anime Expo 2018 também. (Equipe ocidental do Clip Studio Paint.) Eu estava na seção da exposição do Clip Studio Paint e ele se aproximou de mim porque eu parecia o único que sabia o que eu estava a fazer. (CSP não é de fato muito fácil de aprender.) Eu disse a ele que faço um trabalho de anime para o Studio LAN já que eu tinha o crachá da LAN no AX e então trocamos e-mails e ele me pediu feedback. Eu pedi câmera, áudio e tweening. Ele respondeu que vai contar para a equipe de desenvolvimento. Meses depois, essa atualização saiu com todas essas coisas! É muito improvável eu ser a única causa desta atualização, mas eu gosto de pensar às vezes que sim quando me deito na cama à noite. (risos)

Hero: Eu sempre usei o Adobe Flash para o meu trabalho, mas o ultimamente tenho pensado em mudar para o CSP.

  • Têm algum conselho para outros animadores baseados na web que queiram entrar na indústria de animes fora do Japão?

Julian B: Provavelmente para postarem os vossos trabalhos online.

Ryan White: Encontre um amigo que saiba japonês. (risos) Mais importante ainda, estude o que os outros estão a fazer e certifique-se de trabalhar muito nos fundamentos e termos básicos. Sempre olhe para referência também, não é trapaça, é apenas ser inteligente. Certifique-se também de não se sobrecarregar, já que para a maioria de nós tornou-se um mau hábito.

Daniel Barón: Continue postando seu trabalho online, tente encontrar tantos animadores e pessoas quanto puder. Não esperes pelas ofertas, tens de começar a procurá-las.

Tim: Em vez de animadores baseados na web, sinto que estou mais relacionado aos meus colegas animadores que trabalham em programas de TV no Canadá, e muitos deles querem trabalhar em anime, posso dar um conselho para eles? Eu sei que quase todos as séries 2D produzidas no Canadá agora são baseadas em símbolos, no entanto a animação simbólica é quase uma forma de arte diferente por si só. Mas se aprenderam animação por causa do vosso amor por anime, por favor, não deixem de desenhar! Continuem animando à mão e tenham uma presença online, há uma boa quantidade de oportunidades online, incluindo para anime.

Lzyboost: Sim! Basta postarem as vossas coisas online, lugares onde as pessoas possam ver, Instagram, Twitter, etc. No Twitter podem participar no #animontly (criado por Ross O’Donovan @RubberNinja), que é dia 27 de cada mês, continue indo e usando esforçando-se para ficar cada vez melhor a cada mês, isso ajudou-me muito a melhorar e ser notado. Eu não sei japonês, mas sei que também ajudará!

ZucchiniJuice: Existem 4 coisas que precisam de trabalhar na indústria de anime em ordem de importância:

– És habilidoso. (obviamente.)

– Sabes como trabalhar no pipeline de anime. (Escrever xsheets, exportar os arquivos corretamente e escrever notas apropriadas.)

– Podes desenhar no estilo anime e tens uma prova disso.

– Ter amigos e conexões para encaminhar-te e confirmar que não vais estragar a produção, desaparecendo de repente ou algo assim.

Essas 4 coisas são muito importantes e não ter uma delas coloca-te drasticamente atrás da concorrência pelo o que eu vi através da minha própria experiência. O resto é apenas sorte! Mas lembra-te, se tiveres uma chance de 1/100 de algo parecido acontecer contigo, apenas trabalha duro o suficiente para tentar 100 vezes.

Hero: Eu recomendaria que tivessem uma fonte de renda sustentável de outras fontes, se precisarem de renda. Se quiserem participar em sérias apenas de vez em quando, então essa seria uma opção mais segura para o fazer, ou pelo menos no início para até ter o trabalho reconhecido, e até que eles eventualmente entrem em um projeto com contrato.

Para entrar na indústria agora, acho que é muito mais fácil em comparação com o passado, muitos gerentes de produção do Japão usam as mídias sociais para procurar por animadores. Eu acho que o twitter é o melhor lugar para isso, contanto que eles tenham um bom portfólio, eles podem conversar com o gerente de produção e perguntar se eles estão recrutando animadores (entender algum japones é uma vantagem, se não, o google tradutor deve fazer o trabalho também) ou deixe seu e-mail de trabalho na biografia para que os gerentes de produção possam contatá-los.

  • Têm alguma história engraçada ou interessante para compartilhar enquanto trabalhava neste projeto em particular?

Julian B: O Rio usou uma boa referência para sua animação.

Ryan White: Eu estou a tentar pensar em uma que me é permitido compartilhar… (risos) Trabalhar com o pessoal da LAN é muito divertido, acho que uma coisa engraçada é que o meu amigo Rio estava com dificuldade para animar a cena em que Choze dispara seu ataque de laser na cabeça, então ele fez o seu primo fazer um estranho vídeo para referência, e as fotos que ele nos mostrou foram hilárias.

Tim: Eu tive a oportunidade de impressionar o meu irmão e irmã mais novos, porque eles são weebs como eu!

Rio Rangel (riooo): Um dia nós estávamos a compartilhar nosso progresso, eu sentia que não conseguia desenhar propriamente desta vez, eu estava com imensas dificuldades, então eu chamei o meu primo para usá-lo como referência. Ele realmente me ajudou! A foto que serviu de referencia tornou-se um meme no nosso chat de grupo por um dia, ele até se tornou em um easter egg na última animação pessoal do Chris/Yen.

ZucchiniJuice: Achei engraçado que nós trabalhamos em uma série que faz uma paródia de One-Punch Man, alguns meses depois nós estávamos a trabalhar na série original. (risos) Fora isso, eu não tenho nenhuma história para contar.

Hero: Reunimos o grupo de animadores para assistir ao episódio de OPM a ser exibido no canal de TV TOKYO MX, mas como o episódio foi adiado por uma hora por uma partida de tênis, acabamos a assistir ao tênis juntos por uma hora.

  • Têm algum projeto(s) ou planos futuros que possam partilhar connosco?

Julian B: Eu tenho um projeto pessoal no qual estou a trabalhar de momento, espero que seja finalizado.

Ryan White: Eu não acho que tenho algum que possa compartilhar, mas estou ansioso para trabalhar duro e fazer algo que as pessoas possam gostar e se inspirar.

Tim: Estarem a apresentar-me em alguns eventos, então vou dedicar meu tempo animando, por favor, aguardem por isso! よろしくお願いします!

Rio Rangel (riooo): Estou a fazer um projeto pessoal no meu tempo livre, então, por favor, aguardem ansiosamente por isso em breve!

Lzyboost: Infelizmente, eu só tenho coisas que não posso compartilhar, (risos) vão ser coisa boas, então, por favor, aguardem! Obrigado pela entrevista!

ZucchiniJuice: Esta é uma pergunta muito tentadora para responder, mas infelizmente não, eu não tenho nada que eu possa compartilhar no momento. Desculpa por isso. No entanto, obrigado pela entrevista. Espero que minhas perguntas tenham sido uteis.