Great Pretender foi a IP de maior sucesso da IG Port no ano fiscal anterior

O WIT Studio perdeu muito dinheiro, mas não foi por causa de anime

Caso 4 de Great Pretender no Ocidente a 25 de novembro

Apesar das enormes perdas fiscais do Wit Studio, a sua série anime original Great Pretender foi a que mais dinheiro trouxe à sua companhia mãe, a IG Port, no ano fiscal de 2020.

A IG Port, a empresa-mãe de empresas como Production IG, WIT Studio e Signal.MD, revelou recentemente que o anime Great Pretender foi responsável por 348 milhões de ienes (3,1 milhões de dólares) em vendas entre 1 de junho de 2020 e 31 de maio de 2021, tornando-se a sua maior arrecadação no período. Anteriormente esse título pertencia a B: The Beginning, que arrecadou 328 milhões de ienes (2,9 milhões de dólares).

O mais curioso é que o WIT Studio relatou recentemente uma redução de 40,3% na sua receita durante o ano fiscal mencionado e tem uma dívida de 886 milhões de ienes (7,9 milhões de dólares), de acordo com um relatório recente.

WIT Studio continua a aumentar as suas perdas fiscais

Esta falta de rentabilidade levou a IG Port a intervir na gestão da situação e a lançar o “Projecto de Gestão Subsidiária”. Antes do final do ano fiscal mencionado, o WIT Studio também produziu o anime original Vivy: Fluorite Eye’s Song, que é conhecido pelo seu bom desempenho de vendas até pelo menos o próximo relatório financeiro do primeiro trimestre deste ano fiscal.

Com estas informações, pode-se inferir que o WIT Studio cometeu erros em outras questões que não a produção de animação, e alguns apontam para a sua participação no filme live-action Tokyo Butterfly.

Great Pretender estreou na Netflix Japão a 2 de junho e estreou nas TVs a 8 de julho de 2020 no bloco +Ultra da Fuji TV. Com animação pelo Wit Studio (Attack on Titan / Vinland Saga) a direção é de Hiro Kaburagi (Hozuki’s Coolheadedness, My Little Monster, 91 Days), o argumento é de Ryota Kosawa (live-action de Parasyte, Always: Sunset on Third Street), o design de personagens é de Yoshiyuki Sadamoto (Evangelion, FLCL), a música é de Yutaka Yamada (Tokyo Ghoul, Vinland Saga) e a produção é de Maiko Okada.

Sinopse de Great Pretender

Makoto Edamura é supostamente o maior vigarista do Japão. Juntamente com o seu parceiro Kudo, eles tentam enganar um francês em Asakusa, mas inesperadamente são enganados. O francês, quem eles tentaram enganar, acaba por ser Laurent Thierry, um “homem de confiança” de nível muito mais alto, no controle das máfias. Edamura ainda está para descobrir que destino o espera, depois de se envolver nos empregos sujos do francês…!

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.