Hideo Kojima mostra o seu amor pelo anime Lycoris Recoil

Hideo Kojima, o famoso criador de Metal Gear e Death Stranding, por altura deste Tokyo Game Show 2022, não resistiu em mostrar o seu amor pela série anime original Lycoris Recoil partilhando várias fotos nas suas redes sociais. Já anteriormente ele tinha recomendado a série anime.

Numa das imagens vemos o famoso criador junto do uniforme da personagem Nishikigi Chisato e em outra foto ele enverga orgulhosamente uma T-Shirt oficial de Lycoris Recoil.

E houve até tempo para ele juntar na mesma foto as personagens principais de Lycoris Recoil e o protagonista de Death Stranding.

A animação é do estúdio  (86: Eighty-Six, Sword Art Online, Magi), a direção é de Shingo Adachi (designer de personagens de Sword Art Online, Working!!), a história é de Asaura (Ben-To, TiN-So: Kimi ga Te ni Suru Ore no Ex Machina, Eiyuu Toshi no Bakadomo) e o design de personagens é de Muru Imigi (Kono Bijutsubu ni wa Mondai ga Aru!, Make Heroine ga Oosugiru!). O desenho dos uniformes é de Kimika Onai (desenhos dos vestuários das Nogizaka46, Sakurazaka46).

No elenco temos:

  • Chika Anzai como Chisato Nishikigi.
  • Shion Wakayama como Takina Inoue.
  • Ami Koshimizu como Mizuki Nakahar
  • Misaki Kuno como Kurumi
  • Kosuke Sakaki como Mika

Sinopse de Lycoris Recoil

A história acontece no “Lyco-Reco” (Riko-Riko), um café de estilo japonês no centro antigo de Tóquio. O café recebe pedidos de qualquer coisa, desde café delicioso a doces açucarados… e talvez algo extra, como lidar com crianças, negociações comerciais, conselhos amorosos, conversas sobre zombies e monstros gigantes e muito mais. “Não importa o que você pedir, nós serviremos…!”

Subscreve
Notify of
guest

1 Comentário
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Silver
Silver
22 , Setembro , 2022 19:00

Eu acho que faz sentido, visto que esse anime tem um monte de elementos comuns com Metal Gear Solid como espionagem, e patriotismo, mas as protagonistas tornam a história mais colorida, mas sem perder a sua essência nos momentos mais sério.
É justo