Lupin III: Part V — Ep. 1: Quantas Saudades desse Clima!

Já se faz alguns anos que eu não acompanho os acontecimentos por detrás desse personagem tão carismático que é o Lupin e toda a mitologia por detrás do Arsene Lupin, seu avô, mas uma coisa extremamente reconfortante foi me preparar para assistir esse anime sem essas memórias e perceber o quão familiar tudo parecia ao mesmo tempo que um sentimento muito forte batia dentro de mim, relacionado ao quão facilmente ele pode ser absorvido por aqueles que não conhecem esses personagens, suas personalidades, esse mundo, a dinâmica de interação deles uns com os outros e quem é a figura do Lupin nesse lugar.

O Primeiro Episódio de Lupin III: Part V consegue mostrar bem para o telespectador como será o clima que acompanharemos daqui para frente nessa série, sendo ao mesmo tempo uma boa porta de entrada para aqueles que desconhecem das aventuras desse ladrão tão conhecida na cultura Japonesa, como também passando um sentimento de conforto para aqueles que já conhecem o personagem e querem experienciar mais uma aventura que percorrerá nossas expectativas durante toda a semana. Mas o que será que deve ser dito para aqueles que não conhecem Lupin e querem comentários semanais sobre como está indo a sua construção antes de investirem em algo novo ou as pessoas que já conhecem o personagem e querem saber como está sendo essa nova aventura e sua construção? Pois bem, eu devo começar dizendo que…

Lupin III: Part V possuí uma maravilhosa construção! Seja nas construções de personagens onde de maneiras simples, sem objetificar muita coisa atrás de explicações grandes e vastas com muitas falas sobre quem eles são, o que eles fazem, seus objetivos e dinâmicas de interação, nós sabemos quem são esses personagens através do procedimento que os eventos acabam tomando gradualmente com a próxima jornada do nosso herói e seu novo objetivo, onde de maneira sútil e sem enrolar com explicações ele consegue setar bem o clima em torno deles durante o início em suas vidas disfarçadas e mundanas, até o planejamento do que eles estão atrás e partindo logo em seguida para como eles funcionam entre si durante as cenas em que o plano estará em execução ou momentos de fuga. Junto a isso, temos uma trilha sonora que brinca bem com batidas ritmizadas clássicas de toda a série que ajudam a construir muito bem a ambientação sonora que contribui para a construção das cenas de que presenciaremos um heist, um grupo dinâmico em busca de roubarem um objeto, um pertence, algo, alguém, um sentimento bem importante de ser bem transposto pela música que combina bem com todo o clima que percorre a trama no final da sua primeira metade para frente.

A Animação consegue ser bem consistente do início ao fim, poucos frames são dignos de críticas e as animações dos personagens são assumidamente caricatas, dignas e representativas dos clássicos desenhos animados do personagem, trazendo uma estética que nos animes atuais temos pouco sobre o cartunesco, o caricato, o “brega”, aquela famosa estética dos anos 90 e que graças a Lupin e outros animes que virão nessa temporada, nós estamos revendo o porque deles fazerem tanta falta e terem o seu valor. As Cenas de fuga são muito bem dirigidas, as escolhas de câmera não somente nos momentos mais frenéticos são muito bem colocadas, seguimentos bem dirigidos por Yuuichiro Ano, o mesmo responsável pela série de 2015. Outra coisa a se comentar que eu gostei bastante nesse episódio e que trouxe um pouco dos elementos que eu mais gosto de Lupin é…

O que eu sinto que poderá ser explorado no futuro dessa série – a partir daqui, isso pode ser um pouco de spoiler e estragar sua experiência se não assistiu ao episódio ainda, portanto, até a próxima e vá assistir, depois volte: Ainda mais dado para onde os desafios estão indo a partir dos acontecimentos finais do episódio, é sobre o surgimento de uma personagem e a falta de conexão dela com o mundo ao seu redor depois de tantos anos vivendo escondida. Portanto, as suas reações dado alguns acontecimentos são um pouco céticos, a sua falta de noção de tempo é grande e as necessidades de se alimentar e se exercitar são nítidas dela, correlacionando-se talvez com parte do público de pessoas que vivem trancadas em um ambiente se recusando em buscar uma conexão com o mundo afora. Ainda mais com o surgimento e expansão da Internet que, também, acaba se tornando um ponto narrativo da história já que está interligada aos próximos objetivos do que Lupin tentará roubar dessa vez.

Aproximadamente ao seu término, nós temos o que parece ser o mundo contra os nossos personagens e as correlações me levam a crer que uma pequena discussão será realizada agora que temos uma figura que se distanciou do mundo, se aliando com pessoas que terão o mundo atrás do seu encalço. Talvez eu esteja confabulando demais e vendo além do que a obra realmente quer contar, principalmente tendo como visão apenas o seu primeiro episódio, mas que talvez estejamos fazendo uma coisa que essas empresas realmente queiram que é: Vamos discutir sobre! Falar sobre os nossos animes e teorizar sobre os seus temas e para onde sua narrativa está indo e qual será os próximos eventos que tentarão parar o nosso protagonista dessa vez. Devo dizer que estou animado, talvez um dos poucos animes que de início conseguiram transformar um grande hype dentro de mim para prosseguir acompanhando-o e não somente expectativas como eu tenho sobre Steins;Gate 0 ou Persona 5 The Animation.

Obviamente que eu RECOMENDO prosseguirem com Lupin III: Part V, está sendo uma experiência gostosa de se acompanhar, ao menos em seu primeiro episódio que possuí um ritmo bem gostoso, bem leve, satisfatório e muito bem dirigido. Uma trilha sonora gostosa de se acompanhar que complementa para a construção dos próximos eventos que vão percorrer os planos de Lupin e sua turma, assim como as maneiras que vamos esperar vê-los escapar de todo o mundo dessa vez. Obrigada por acompanharem, conto com suas presenças nos próximos artigos e…

Até a Próxima!

Subscreve
Notify of
guest
8 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Michael Schumacher
Michael Schumacher
11 , Julho , 2019 21:13

da pra assistir esse anime, sem assistir tudo relacionado a ele que lançou antes?

Weslley de Sousa
Reply to  Michael Schumacher
12 , Julho , 2019 0:20

Facilmente, pode ir tranquilo.

Felipe Soares
Felipe Soares
11 , Julho , 2019 21:13

Anteriormente meus únicos contatos com Lupin foram através do filme live action e com uma versão da música tema feita pelo Animetal. Quando fui assistir o episódio (de forma totalmente despretensiosa) senti como se esse anime funcionasse perfeitamente para mim, que não viu nada das séries anteriores mas que teve o mínimo de contato com outras coisas relacionadas a franquia.

Sem falar do quão carismáticos são os personagens e que essa forma tecnológica de colocar o mundo contra os protagonistas me lembrou bastante as trocas de informações que os usuários de Pokémon Go faziam quando o jogo bombou na época do lançamento.

Cláudio Correa
Cláudio Correa
11 , Julho , 2019 21:13

E Lupin está de volta! Realmente é uma pena que o Hype é para poucos e este excelente personagem é pouco conhecido e admirado. Nem assisti este episódio, mas é como os filmes do Mel Gibson nos anos 90, eu fechava os olhos na locadora e pegava qualquer um pois sabia que meu final de semana tava garantido. Além de ótimo anime, todas as séries e filmes que assisti me entregaram um material completo e de satisfação. Festejo este novo Lupin!!

Weslley de Sousa
Reply to  Cláudio Correa
12 , Julho , 2019 0:22

Tirando a pessoa nojenta que o Mel Gibson é, os filmes dele eram muito divertidos e assistir Lupin de fato trás um pouco desse sentimento de heist, como eu comentei no artigo. É muito difícil “não recomendar” toda obra que Lupin mostra as caras, porque é um enriquecimento de carisma muito grande.

Cláudio Correa
Cláudio Correa
Reply to  Weslley de Sousa
12 , Julho , 2019 2:02

Lupin é realmente um enriquecimento de carisma muito grande, todos os personagens me fazer querer ver mais no próximo episodio e sobre o Mel, ele açoitou Jesus, o que esperar desta pessoa? kkkk

Shiba
Shiba
11 , Julho , 2019 21:13

E pensar que alguém comentaria sobre Lupin III *—*

Gostei bastante do primeiro episodio que teve um climax logo de cara e ainda encerrou com um bom gancho. A animação está boa mesmo até pros padrões desse studio.

É incrível o quanto os personagens são carismáticos. Não consigo desgostar de nenhum.

Não vi a série clássica. Mas conheci o anime pela serie de 2015 desde então me encantei por essa obra. Assisti alguns filmes, principalmente o filme do Goemon que me deixou sem ar kk. E ainda vi a série focada na história da Fujiko.

É uma pena esse anime não ser tão conhecido no ocidente pois é uma obra que vale a pena assistir.

Weslley de Sousa
Reply to  Shiba
12 , Julho , 2019 0:22

Provavelmente uma coisa que talvez não fosse um segredo ou algo chocante, seria eu gostar de Lupin dado que eu costumo gostar de coisas mais complexas, mais “cabeça” e um pouco mais distantes de outros animes ou como eu costumo dizer: “Anime que não parece Anime”. E Lupin talvez seja o anime “mais anime” que eu tenha na minha lista como uma das coisas que eu mais gosto de acompanhar, talvez justamente porque seja muito gostoso de acompanhar esses personagens, esses estereótipos de maneiras funcionais, essa trilha, essas interações, essa construção de ambiente… é tudo bem mágico.

Eu recomendaria você assistir, mas eu mesmo preciso rever para lembrar de muitas coisas que eu deixei passar por conta da falta de memória, talvez tenha mais por trás desse anime do que eu possa imaginar. Infelizmente, poucas pessoas pelo nosso lado vai assistir mas espero que elas possam deixar de lado isso e assistir esse anime pois, mesmo para quem não conhece a mitologia por trás do Lupin, todas as histórias dele funcionam como obras separadas.