“Personagens femininas não devem ser tratadas como Troféus” – Criador de Sword Art Online

Chegou à conclusão de que deveria escrever histórias "politicamente corretas"!

Reki Kawahara, o autor de Sword Art Online, foi muitas vezes criticado por colocar nas suas obras várias situações de agressão sexual e numa recente entrevista ao Dengeki Online ele falou um pouco mais sobre as personagens femininas que ele cria para as suas obras.

Na entrevista ele contou com a participação de Nio Nakatani ( Bloom Into You) e a seiyuu Ai Kayano (voz de Alice em Sword Art Online e Sayaka em Bloom Into You).

Kawahara e Nakatani mostraram admiração pelo trabalho um do outro; Nakatani comentou que gostava de como as personagens femininas de Sword Art Online são fortes. Kawahara respondeu que as personagens femininas vão ficar mais ativas na história de agora em diante.

Quando Kayano perguntou o que desencadeou essa decisão, Kawahara compartilhou uma visão da sua mentalidade em evolução como autor. Ele disse que quando foi a eventos no exterior, recebeu feedback para a sua escrita, e chegou à conclusão de que até um certo ponto deveria escrever histórias “politicamente corretas”. Por essa razão, ele está a tentar dar as suas personagens femininas mais destaque.

Chegou à conclusão de que até um certo ponto deveria escrever histórias “politicamente corretas”

Ele disse que concorda que o género de um personagem não deve determinar o seu papel na história, e que é errado tratar personagens femininos como troféus.

Neste ponto, houve alguma discussão sobre como a palavra “heroína” é usada no Japão. Nakatani disse que acredita que a palavra “heroína” é usada para se referir a personagens femininas que funcionam como motivações para o protagonista. Kawahara disse que uma coisa que ele admira sobre o mangá yuri é que ambos os personagens de um casal yuri assumem o papel de “protagonistas” e se motivam mutuamente, em vez de uma personagem feminina ser relegada ao papel de “heroína”.

Não iria diminuir a presença de Kirito na história

Embora ele tenha tentado dar às suas personagens femininas mais protagonismo, Kawahara enfatizou que ele não iria diminuir a presença de Kirito na história. Ele só quer incluir mais partes onde as personagens femininas vivem as suas próprias vidas separadamente de Kirito.

Quando Nakatani comentou que ela acha que as personagens femininas já exibem muito protagonismo, e que não haveria problema com elas se as partes de “donzela em perigo” forem removidas, Kawahara insistiu que quando ele começou a escrever Sword Art Online, ele não tinha em mente tais questões. Por causa disso, as meninas à volta de Kirito continuaram a aumentar sem pensar no papel que elas desempenhariam.