Produtor do anime de Kimetsu no Yaiba diz que sucesso se deve principalmente ao mangá

Produtor do anime de Kimetsu no Yaiba diz que sucesso se deve principalmente ao mangá

Com Kimetsu no Yaiba: Infinity Train (Gekijouban Kimetsu no Yaiba: Mugen Ressha Hen), o filme anime de Kimetsu no Yaiba (Demon Slayer), a bater todos os recordes o produtor Yuma Takahashi esteve à conversa com o site japonês Mantan-Web do The Mainichi Shimbun. Na entrevista ele identificou três fatores principais para o sucesso: o poder da obra original, a atitude para adaptá-la para anime e o ambiente.

Na entrevista podemos ler:

Para fazer com que muitas pessoas assistam ao seu trabalho, são necessários muitos fatores diferentes a trabalhar juntos, mas um grande fator subjacente é o apelo do mangá original. Embora possa haver pessoas que ficaram a conhecer o mangá através do anime, isso por si só não gera um hit. Independentemente de qualquer outra coisa, o mangá original é interessante. Tentamos seriamente adaptá-lo para anime sem perder o apelo do mangá. Por causa da base lançada pelo trabalho original de alta qualidade, o ufotable foi capaz de fazer um anime maravilhoso. O seu trabalho árduo, a sua atitude séria em relação à adaptação e as suas técnicas também foram fatores.

Takahashi também falou sobre as recentes mudanças no visionamento de animes nos últimos anos.

Ao longo dos últimos anos, tornou-se comum assistir anime não apenas na televisão, mas através de plataformas de streaming. Essa mudança no ambiente também é um grande fator. Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba foi exibido em vários serviços de streaming. Certamente não é como se animes de dois cours não existice, mas ao ser exibido em dois cours, Demon Slayer teve tempo para construir uma audiência. Enquanto o anime estava a ser exibido, a história do mangá estava a aquecer, então o momento também era ideal. não era como se de repente se tornasse o centro das atenções; eu sinto que ele constantemente conquistou fãs e expandiu o seu público.

A opinião de Takahashi é semelhante a uma anterior declarada pelo editor-chefe da Weekly Shonen Jump, Hiroyuki Nakano. Numa entrevista no início deste ano, ele disse que normalmente, um mangá gradualmente vende mais cópias ao longo do anime, mas as vendas de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba dispararam logo após o fim do anime, indicando que um grande número de pessoas assistiram ao anime por serviços de streaming após o seu término, em vez de assistir semanalmente.Ele terminou com:

A forma como as pessoas interagem com o anime mudou e sinto que entrámos numa nova fase.

Kimetsu no Yaiba: Infinity Train é agora a maior estreia de qualquer filme da história no Japão

Ainda recentemente noticiámos que Kimetsu no Yaiba: Infinity Train (Gekijouban Kimetsu no Yaiba: Mugen Ressha Hen), ganhou uns impressionantes 4.6 bilhões de ienes (37 milhões de euros / 244 milhões de reais) no seu primeiro fim-de-semana, tornando-se assim na maior estreia de um filme na história do Japão.