Shiki Aoki, seiyuu de Idolm@ster, assume-se como Homem Transgênero

O ator de voz Shiki Aoki colocou no seu canal do YouTube um vídeo onde fala sobre os seus sentimentos atuais sobre a sua identidade de género. Ele já se identificou como “X-gender” (um termo japonês que indica pessoas que não se identificam como homens ou mulheres), mas afirmou no vídeo que agora se identifica como um homem.

Aoki disse que não planeia submeter-se a terapia hormonal enquanto permanecer como seiyuu, porque isso mudaria a sua voz e ele está ligado aos personagens que ele interpreta atualmente. No entanto, ele expressou a esperança de que possa desempenhar mais papéis masculinos no futuro.

Ele também explicou que a orientação sexual e a identidade de género são totalmente separadas. Ele já se identificou como bissexual, mas agora identifica-se como pansexual. Aoki mencionou que recebeu aprovação da sua agência para falar publicamente sobre a sua identidade de género e sexualidade.

No vídeo de 41 minutos ele descreveu a sua jornada de identidade de género. Ele disse que estava ciente do conflito em relação ao seu género por muito tempo, mas lutava para o articular. Mesmo quando criança, ele relutava em interpretar papéis femininos e queria ser um ator masculino. No ensino médio, ele começou a experimentar vestir-se como um homem e a referir-se a si mesmo com um pronome masculino. Nessa época, ele namorou uma menina pela primeira vez e, como não havia muita consciência de “LGBT” no Japão, ele pensava que era lésbica, mas isso não lhe parecia estar muito certo.

Um rapaz convidou-o para sair, e ele sentiu repulsa, não por aversão ao rapaz, mas porque não gostava da ideia de alguém ser atraído por ele enquanto mulher. Foi aí que ele decidiu identificar-se como um rapaz. Ele sofreu bullying de outras pessoas devido à sua identidade e até recusou frequentar a escola por algum tempo. Quando ele falou com os seus pais sobre a sua identidade como um homem eles não o aceitaram. Felizmente, um professor de apoio conseguiu convencer os seus pais a permitir que ele se transferisse para uma escola em Tóquio, que ele poderia frequentar com um nome masculino e um uniforme masculino. Desde então, ele encontrou vários amigos íntimos, que em geral o apoiaram.

Ele enfatizou que a sua experiência não é necessariamente representativa da de todos, mas para todos que também questionam o seu sexo, ele quer dizer: “Vão ficar bem. Não estão sozinhos”. Ele comentou que há muito mais conhecimento dos assuntos LGBTQ hoje em dia, mas ainda existem pessoas que se sentem incertas sobre a sua identidade, e ele incentivou essas pessoas a falar ele nos comentários do seu vídeo.

Shiki Aoki é conhecido por interpretar Asuka Ninomiya em The IDOLM@STER Cinderella Girls e Idolm@ster Cinderella Girls Theater. Também empresta a sua voz a Kaoru Tsutsui em Real Girl.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.