Sword Art Online: Alicization – War of Underworld 2: Episódio 01

Artigo enviado por Jonh Vini.

Finalmente recomeçou o “melhor anime do ano” com um episódio que foi apenas uma continuação das besteiras começadas na primeira parte de Sao:Alicization WoU, bem se comparamos com os últimos episódios dessa parte seguiu o nível de “qualidade” já apresentado, mas tenho de falar o óbvio pois eu o escolhi para comentar semanalmente, como vocês provavelmente irão acompanhar o meu calvário durante as próximas 11 semanas, espero que esteja errado e que esta parte salve a sua antecessora, ou tenha um conteúdo para lhe entreter.

Nem deu cinco minutos.
Nem deu cinco minutos.

É engraçado pensar que a primeira temporada de SAO foi lançada a oito anos atrás, neste período nós amadurecemos, pelo menos aqueles que começaram a acompanhar desde seu lançamento, mas a obra não amadurece, ainda continua vivendo do fantasma de obras que o teve como inspiração, estou falando do protagonista superpoderoso que resolve todos os problemas da obra, mesmo ele ainda estando desmaiado, entretanto sabemos muito bem que Kirito irá voltar para derrotar seu vilão genérico malvado, este spoiler está presente até na abertura e encerramento desta temporada que estão muito boas, principalmente a abertura mostrou toda uma discussão que uma toda segunda parte de Alicization não teve: será que as “almas” presas em Underworld podem ser consideradas humanas e podem conviver conosco em uma sociedade pacífica.

Está belo.
Está belo.

Sei que toda obra necessita que seu protagonista resolver os conflitos para ter uma história, mas fato engraçado é que Sword Art Online possui bons protagonistas secundários masculinos, já que todas as garotas são conquistadas pela simplicidade do Kirito-kun, desde da primeira temporada como Klein até mesmo os secundários apresentados nesta temporada, principalmente o líder orc que não me lembro o nome, mas que teve todo um destaque para lembramos que mesmo sendo um pacote de programas, seu kernel é baseado num cérebro humano.

A tristeza da partida.
A tristeza da partida.

Por falar dele que introdução horrível para Leafa, talvez aquela cena que para mim serviu para equilibrar sua participação em ALO em comparação a Asuna, para refrescar vossas memórias este foi o arco que destruíram a reputação da Asuna de Aincrad transformando-a na princesa para o Kirito salva e para dar destaque para Leafa; óbvio que isso não é claro pois é um vício de Kawahara Reki de forçar uma violação física numa heroína por um vilão para não necessitar desenvolvê-lo na trama, como é o vilão central deste arco que teve uma luta extremamente sem emoção, afinal de contas é o primeiro episódio da temporada e Kirito não está lutando, triste mesmo foi perder um personagem como Bercouli já no início desta parte, pois foi graças a ele que o arco Alicization começou e teve seu primeiro ápice no final da primeira temporada, a morte dele foi sem graça, não digo sem sal pois deixou um gosto amargo na boca por um personagem com o peso que tinha ser descartado em menos de cinco minutos de coreografia.

Foi cedo demais.
Foi cedo demais.

Basicamente era isso que eu tinha para falar neste desabafo de Sao 3 Parte 3, aqui é Jonh Vini e essa foi minha review desta série, estou à espera dos vossos Feedbacks do episódio e da temporada como um todo, também espero Feedbacks da review para melhorar minha escrita para vocês, não se afobem pois arrependimento mata, vamos discutir pacificamente é saudável e enriquece a vida e até mais.

Subscreve
Notify of
guest

3 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
madmonkey mcknight
16 , Julho , 2020 11:22

Gostei como o post anterior dizia que pior não ficava e agora diz “É, dá para piorar” xD. A minha opinião em relação ao início desta temporada é igual à tua. Nem tinha boas expectativas mas conseguiram surpreender-me pela negativa com este episódio. De facto SAO não mudou muito desde a primeira temporada há 8 anos atrás e sente-se que o autor não evoluiu e usa os mesmos métodos “baratos” para progredir a história, como violação e harem. Tenho pena de que não desenvolvem os personagens secundários, mesmo o Klein ou o Agil que conhecemos desde a primeira temporada pouco se envolvem na história principal e nem vale a pena falar das personagens do sexo feminino pois essas todas se apaixonam pelo Kirito de uma forma ou de outra. A história é previsivel, com o vilão fraco. Não espero muito mais do resto da temporada, pode ser que adaptem o SAO Progressive para anime e dai saia algo melhor

toygame
toygame
16 , Julho , 2020 11:22

“melhor anime do ano”kkkkkkkkkkkk chorei de rir aqui com isso

Foi mais do mesmo,SAO está na mesma formula de sempre e apelando para polemicas para se manter.

Uma tremenda lastima que o autor não sabe aproveitar o potencial que esse arco tinha

Sasuke ペ ン ド ラ ゴ ン
Sasuke ペ ン ド ラ ゴ ン
16 , Julho , 2020 11:22

Já começou com abuso… os “fãs” com certeza já gostaram ks, brincadeira a parte, falta de criatividade do krl desse autor! Tirando isso, gostei do seu modo de pensar Jonh… de fato, a falta de desenvolvimento em relação a personagens femininas, personagens secundários e os vilões, e principalmente a história é medíocre demais! Na real SAO seguiu só uma linha de raciocínio(Relação as temps e o filme): “Proteger um garota de um vilão psicopata e acabar a garota se apaixonando pelo mc q foi salva ela!!!”