Trailer de Luminous Witches

A Kadokawa começou a exibir este trailer da série anime Renmei Kūgun Kōkū Mahō Ongakutai Luminous Witches (Allied Air Force Mágico Ídolos Luminous Witches) que vai estrear nas TVs em 2021.

A animação é do estúdio (Puella Magi Madoka Magica, Sangatsu no Lion, Monogatari), a direção é de Shouji Saeki (Medaka Box, This Ugly Yet Beautiful World, He Is My Master), a produção é de Koichi Yasuda e o design de personagens é de Kazuya Shiotsuki (diretor de animação de Nisekoi e Madoka Magica).

Mais staff:

  • Diretor Assistente: Kana Harufuji
  • Arte: Studio Pablo
  • Design de cor: Jin Hibino
  • Diretor de Fotografia: Rei Egami
  • Edição: Rie Matsubara
  • Diretor de Som: Yukio Nagasaki
  • Produtor musical: Gō Wakabayashi
  • Líder do Projeto / Produtor: Takashi Tachizaki

Quanto a seiyuu temos:

  • Sayaka Tsuzuki como Eleonore Giovanna Gassion (terceiro da esquerda na imagem acima)
  • Ami Aimoto como Lyudmila Andreyevna Rouslanova (quarta da esquerda)
  • Mai Narumi como Virginia Robertson (quinta da esquerda)
  • Minako Hosogawa como Inori Shibuya (quarta da direita)
  • Ryō Mamiya como Aira Payvikki Linnamar (terceira da direita)
  • Kyō Tachibana como Joanna Elizabeth Stafford (extrema esquerda)
  • Miu Kotosaka como Sylvie Cariello (segunda da esquerda)
  • Momo Hanae como Maria Magadalene Dietrich (segunda da direita)
  • Misaki Yuki como Manaia Matawhaura Hato (extrema direita)

A história desenrola-se a volta de um esquadrão único de “bruxas que não lutam”. Em vez disso, o esquadrão canta para proteger os sorrisos daqueles que foram expulsos das suas cidades de origem pelos Neuroi.

A história geral da franquia está centrada numa invasão alienígena por seres conhecidos como Neuroi. A única maneira de danificá-los e finalmente derrotá-los reside nas Bruxas, meninas que possuem poderes mágicos e são capazes de controlar Striker Units que aumentam as suas habilidades e permitem que elas manobrem no ar. As personagens da franquia são frequentemente baseadas em aves reais de várias nacionalidades.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.