Vídeo promocional de Build Divide: Code Black

O site oficial da série anime original chamada Build Dive -#00000 (Code Black)- da Aniplex começou a exibir este vídeo promocional onde é confirmado que a primeira metade da série vai estrear em outubro de 2021 e a segunda metade vai estrear em abril de 2022.

A história do anime é de Homura Kawamoto, autor do mangá Kakegurui. Este é o primeiro jogo de cartas colecionáveis da Aniplex com um projeto original de anime.

Imagem promocional de Build Divide: Code Black
Imagem promocional de Build Divide: Code Black

Com animação pelo estúdio (The Heroic Legend of Arslan, Terra Formars, Hanebado!), a direção é de Yuki Komada (Killing Bites, direção de episódios de Blade of the Immortal), o argumento é de Yoriko Tomita (As Miss Beelzebub Likes, Osamake: Romcom Where The Childhood Friend Won’t Lose) e o design de personagens é de Shinpei Tomooka (Inukami!, Sekirei, Trinity Seven).

Quanto a seiyuu temos:

  • Yuu Serizawa como Kikka
  • Aoi Koga como Hiyori Tori
  • Yuuto Uemura como Teruhito Kurabe
  • Sayumi Watabe como Sakura Banka
  • Atsushi Tamaru como Naomitsu Enjou

Sinopse de Build Divide: Code Black

Em New Kyoto, uma cidade governada pelo “Rei”, o valor de uma pessoa é determinado pela sua força no jogo de cartas Build Divide. Rumores circulam sobre New Kyoto e o seu rei. “Se você derrotar o Rei em Build Divide, qualquer desejo será realizado.” E para desafiar o Rei, é necessário participar na batalha TCG conhecida como Rebuild, e a “Chave” deve ser concluída.

Todos têm um desejo que anseiam realizar. Teruto Kurabe, um menino que jurou matar o rei, e Sakura Banka, a misteriosa menina que o guia, lançam-se na batalha de Reconstrução. Com New Kyoto como cenário, a cortina sobe e a batalha por Teruto e seus amigos começa!

Como parte do projeto Build Divide, uma coleção de 106 cartas exclusivas com o tema desta nova série anime será lançada a partir de outubro no Japão. Os ilustradores convidados para este projeto são: Fuumi, ikuyoan, fly, NINNIN e necömi.

FONTESite oficial
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.