Viral censura anime na Indonésia

Muitos são os animes que de uma forma ou outra acabam por sofrer censura em alguns países e recentemente tornou-se viral esta comparação da censura que a adaptação para série anime do mangá Anima Yell! de Tsukasa Unohana sofreu na Indonésia.

A estação de televisão indonésia que transmitiu a série anime Anima Yell! fez algumas mudanças importantes nos planos de câmara, bem como escureceu a imagem por vários segundos para que a série pudesse ser exibida naquele país.

Podem ver em cima a comparação da versão japonesa com a versão exibida na Indonésia, para terem uma melhor perceção de até onde vão para censurar o material de origem.

Anima Yell! recebeu em outubro de 2018 uma adaptação para série anime de 12 episódios com animação do estúdio , a direção é de Masako Sato(diretora de episódios de Golden Time, Haikyu!!), o guião é de Fumihiko Shimo(The Disappearance of Haruhi Suzumiya, Clannad, Amagi Brilliant Park) e o design de personagens é de Manamu Amasaki (Psychic Detective Yakumo).

A história do mangá desenrola-se à volta de uma bela jovem que adora ajudar os outros. Depois de ela entrar para o ensino médio, ela fica fascinada com as cheerleaders, e decide criar um clube de cheerleaders na escola. Juntam-se a Kohane nas suas atividades de cheerleading, Hizume e Uki.

Subscreve
Notify of
guest

6 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
🍦Pico🍦
🍦Pico🍦
3 , Setembro , 2021 15:41

Esse mundo tá uma porr@ mesmo hein.🍦

Facawar
Facawar
3 , Setembro , 2021 12:18

ridiculo KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Lucio
3 , Setembro , 2021 18:49

Mano eu até tentaria entender se fosse um ecchi pesadão da vida.
Mas porra Anima Yell sério mesmo…..
Se bem que eu vi por aí que se vc for pego se masturbando na Indonésia vc é decapitado então vindo de um país desses acho que um bikini é erótico demais para eles.

Emiya
Emiya
3 , Setembro , 2021 11:30

não vou dizer nada além de minha opinião
“que triste…”

Shiba
Shiba
3 , Setembro , 2021 11:56

Loucura kkk.

Ronanfalcon
Ronanfalcon
29 , Setembro , 2021 17:30

Uma coisa que sempre chama minha atenção nestes casos, é que o responsável por trazer o anime para o tal país, deveria TRABALHAR, e saber tudo que precisa antes de colocar isso no ar.
Prefiro que não tenha um determinado anime, do que os incompetentes (digo isto pois não fizeram o que citei na sentença anterior) causem tais cenas patéticas.
No caso deles aí, episódios de praia nem podem existir, podiam ter pulado.