No Japão prenderam um homem por alterar e vender figuras anime

No passado dia 30 de outubro, o Departamento de Polícia da Prefeitura de Kagoshima, no Japão, anunciou a prisão de um homem de 45 anos, funcionário de uma empresa da prefeitura, por suspeita de infringir a Lei de Direitos Autorais por vender uma figura modificada de Fujiko Mine, do popular anime Lupin the Third. O réu admitiu as acusações e disse que ele mesmo tinha fabricado e vendido o produto.

De acordo com a Unidade de Crimes Cibernéticos, o sujeito é suspeito de vender uma figura de Fujiko Mine de Lupin III, com direitos autorais de uma produtora de filmes (Tóquio), num leilão na Internet por 25.000 ienes (169 dólares) a um homem na província de Kagoshima, sabendo que a figura tinha sido alterada sem permissão.

São as chamadas “figuras mágicas“, figuras com uma cabeça normal reconfigurada num torso diferente, quase nu. A polícia da província apreendeu um total de 29 figuras alteradas, incluindo personagens femininas, na casa do detido. Suspeita-se que todas as figuras foram alteradas por ele mesmo, e não adquiridas.

Prendem japonês por alterar figuras de Asuka Langley (Neon Genesis Evangelion)

Esta já não é a primeira vez que alguém é preso no Japão por alterar figuras anime.

Subscreve
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments