Governo japonês pode mudar regras de visto para estrangeiros do Cool Japan

O governo japonês possui um programa chamado Cool Japan que visa a abertura de uma comunicação com estudantes estrangeiros que podem se tornar profissionais ou especialistas após se graduarem e assim ajudar o pais em diversas áreas voltadas ao entretenimento japonês, como animação ou design. O Cool Japan é apoiado atualmente pelo governo como uma forma de promover a cultura moderna do Japão no exterior através dos animes e mangas, da moda japonesa e de outros ramos do entretenimento. 

O programa atualmente possibilita que empresas empreguem estudantes estrangeiros que se graduaram no Japão e assim eles recebem um tipo de visto especial para trabalhar no pais, porem as rígidas leis de imigração no Japão estão impedindo a entrada de diversos estudantes no programa. Pelas leis japonesas atuais, o estudante que deseja obter o visto para participar do programa deve ter conhecimentos ou habilidades excepcionais para ter acesso de imediato a um trabalho de alto nível na área em que se graduou, mas o estudante passa a não ser habilitado para receber o visto caso ele consiga no pais um emprego considerado básico em sua área de graduação.

Para o próximo ano do programa Cool Japan o governo abriu uma comissão com especialistas e profissionais da indústria para averiguar uma solução para este problema. Entre as soluções estudadas pelo governo, existe a possibilidade de ser realizada mudanças nestas regras e assim possibilitar o visto para os graduados desde que as empresas apliquem um período de treinamento de até dois anos em áreas básicas para as pessoas habilitadas a participar programa.

Esta medida faz parte das diversas revisões das chamadas “Zonas Econômicas Especiais”, que são regiões que recebem novos regulamentos para promover o crescimento econômico do Japão.

Um fã de animes, cinema, games, séries e com um gosto musical incomum. Membro brasileiro do OtakuPT e formado em Processos Fotográficos.