Japão deixou de estar em estado de emergência devido ao Covid-19

Tóquio deixa de estar em estado de emergência e produção anime deve gradualmente voltar à normalidade

Japão deixou de estar em estado de emergência devido ao Covid-19

Shinzō Abe, o primeiro ministro do Japão, anunciou hoje que o governo japonês decidiu suspender o estado de emergência devido ao surto do novo coronavírus (COVID-19) das cinco prefeituras restantes, removendo assim o estado de emergência de todo o país a partir da meia-noite de terça-feira.

A declaração surge seis dias antes do levantamento previsto anteriormente para o dia 31 de maio em todo o país do estado de emergência. No entanto, Abe alertou que várias diretrizes permanecerão em vigor e que as pessoas devem continuar a ter cuidados contra o COVID-19, uma vez que a doença não foi erradicada.

As cinco prefeituras que ainda estão em estado de emergência são Tóquio, Chiba, Saitama, Kanagawa e Hokkaido. Abe, o secretário-chefe do Gabinete Yoshihide Suga, o ministro da Saúde Katsunobu Kato e o ministro da Revitalização Económica Yasutoshi Nishimura reuniram-se no domingo e concluíram que a taxa de infecções diminuiu nessas prefeituras. Abe reuniu-se depois com um painel consultivo de especialistas esta segunda-feira antes de anunciar o levantamento do estado de emergência.