Japão pede à China que pare teste anal de COVID-19 aos cidadãos japoneses

Em causa estão reclamações de "sofrimento psicológico"

Um porta-voz do governo do Japão revelou hoje que o governo japonês solicitou à China que não submeta os cidadãos japoneses que entram no país ao teste anal de COVID-19 depois de receber reclamações de “sofrimento psicológico” de alguns deles.

O secretário-chefe de gabinete, Katsunobu Kato, disse que o governo fez o pedido por meio da embaixada do Japão em Pequim, embora não tenha sido informado de qualquer mudança na política da China sobre como conduz os testes de reação em cadeia da polimerase para o novo coronavírus.

Kato disse numa conferência de imprensa que o governo continuará a insistir junto da China para excluir os seus cidadãos de tal método de teste, que é usado em alguns dos que estão em quarentena ou a entrar na China, observando que tal teste não está a ser aplicado em nenhum outro lugar do mundo.

Segundo a CNN, também os Estados Unidos já protestaram contra a China depois de saber que alguns funcionários norte-americanos foram submetidos a este método de teste.

FONTEJapan Today
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.