Japonês preso por roubo de cueca após atração instantânea e violenta por outro homem

Japonês preso por roubo de cueca após atração instantânea e violenta por outro homem

No Japão alguns ladrões têm uma queda pela roupa interior e surge agora pela TV Asahi News o relato que mais um homem de Tóquio foi preso pelo roubo de cuecas.

Numa recente sexta-feira, Tomoya Ishii estava a andar numa estação em Tóquio quando viu um estranho atraente. Até aqui cada de extraordinário, todos os dias nos cruzamos com pessoas atraentes, mas a reação de Ishii foi anormal, pois ele seguiu o objeto do seu desejo para roubar a sua roupa íntima.

Ishii, de 21 anos, seguiu o estranho até sua casa e quando este foi tomar banho, infiltrou-se na sua casa e roubou nada menos que seis peças de vestuário, incluído um par de cuecas.

O que desta vez diferiu do já tradicional ladrão de cuecas japonês, é que o estranho que chamou a atenção de Ishii não era uma estudante, uma funcionária de escritório ou qualquer outra demografia feminina que muitas vezes é alvo de fétiche no Japão, mas sim outro rapaz.

Em declarações à polícia Ishii revelou que sentiu uma atração instantânea e feroz e que se deixou consumir por isso.

Não satisfeito com o roubo, Ishii decidiu permanecer escondido na casa para tentar filmar o corpo nu do rapaz após este sair do banho. No entanto, os planos de voyeurismo de Ishii deram errado quando ele foi descoberto por um colega de casa da vítima, que subjugou o ladrão de roupas íntimas até à polícia chegar e levá-lo sob custódia.