NTT anuncia que irá bloquear mais 2 sites a pedido do governo japonês

O governo japonês terá pedido para bloquear 3 sites, Anitube incluido

NTT anuncia que vai bloquear mais 2 sites a pedido do governo japonês

No seguimento da noticia do bloqueamento no Japão do site Anitube. A pedido do governo japonês a rede de comunicações NTT (Nippon Telegraph and Telephone Corporation) anunciou que irá banir 3 sites até que o governo japonês estabeleça uma nova legislação dedicada ao bloqueamento de websites.

A partir de 17 de abril, o Mangamura scans de mangá tornou-se inacessível, depois que o governo japonês ter nomeado entre três sites que devem ser bloqueados por fornecer scans de mangás, revistas digitais e outros conteúdos protegidos por direitos autorais. No entanto, o jornal Asahi Shimbun informou no mesmo dia, que o site não foi fechado devido ao bloqueio de sites de um provedor de serviços de Internet. De acordo com a fonte do jornal de um provedor de serviços, Mangamura foi voluntariamente fechada por seus administradores.

Asahi Shimbun acrescentou que o servidor separado onde as imagens do site estavam armazenadas também estava inacessível. Segundo a fonte do jornal, a ação não poderia ter sido realizada por ninguém além dos administradores do site.

A NTT fez um comunicado que a decisão de bloquear sites piratas foi o resultado de uma reunião realizada em 13 de abril entre representantes da indústria de conteúdo e membros do Gabinete do Japão responsáveis ​​por políticas de propriedade intelectual e contra medidas de crimes. O governo japonês pediu oficialmente aos provedores de serviços de Internet no Japão que bloqueiem o acesso a sites de mangá pirateados em 13 de abril. O pedido pede que os fornecedores bloqueiem voluntariamente o acesso, mas o governo planeia criar nova legislação em 2019 para ampliar o escopo do bloqueio. Atualmente, a lei de bloqueio de sites só é aplicável à pornografia infantil.

Subscreve
Notify of
guest

14 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Jason Blaze TT
Jason Blaze TT
11 , Julho , 2019 21:09

ao meu ver oque finalizaria por definitivo esse problema é o japao criar um site e fansuber mundial,e para lucro fazer propagandas tipo o youtube

Babul Babu
Babul Babu
11 , Julho , 2019 21:09

Pirataria mata industrias. Vejam o legítimo pornô brasileiro, praticamente sumiu.

Anthoni Vedovato
Anthoni Vedovato
11 , Julho , 2019 21:09

A NTT deve ser Exterminada!!! Essa Praga Não pode continuar com essa Tirania!!!

Diana Ramos
Diana Ramos
Reply to  Anthoni Vedovato
12 , Julho , 2019 0:19

Que tirania? Por muito que consideremos errado, eles estão certos. Distribuição de conteúdos audio-visuais sem autorização expressa é passível de ser punida por lei em qualquer país do mundo capitalista.

Pedro
Pedro
11 , Julho , 2019 21:09

Só vai perde tempo e dinheiro esse governo estupido que não pensa em expandir mercado em outras áreas para facilitar a compra dos seus produtos.

Evandro Pedro
Evandro Pedro
Reply to  Pedro
12 , Julho , 2019 0:19

Isso no mercado internacional, agora no mercado nacional diga-me qual o impedimento que os japoneses têm de comprar mangás, revistas etc

Chika
Chika
Reply to  Evandro Pedro
12 , Julho , 2019 1:59

Só se for culturalmente já que os adultos não parecem ter exatamente bons olhos para animes. Também escutei uma história que é normal haverem mangás jogados no lixo já que é comum por lá os leitores jogarem fora quando terminam.

Evandro Pedro
Evandro Pedro
Reply to  Chika
12 , Julho , 2019 3:24

mais uma razão, lá os mangás são como revistas.muitos deles leem e discartam logo a seguir. enquanto fora do Japão as pessoas colecionam ou guardam

Chika
Chika
Reply to  Pedro
12 , Julho , 2019 0:19

Ou vai ver não é rentável

Pedro
Pedro
Reply to  Chika
12 , Julho , 2019 1:59

As streamings legalizadas compensa em caso de não der certo.

Chika
Chika
Reply to  Pedro
12 , Julho , 2019 3:24

Cê tem certeza?

kay
kay
11 , Julho , 2019 21:09

Pode mandar bloquear é tudo. Mas não vai adiantar nada kkkkkkk

Anónimo
Anónimo
11 , Julho , 2019 21:09

Tem outros milhares por aí

Luscaarmstrong
Luscaarmstrong
11 , Julho , 2019 21:09

Fez certo